Alerta de spoilers!

Chicago Fire mudou para sempre na estreia de sua oitava temporada. A série dramática da NBC deu um soco no estômago dos fãs ao trazer a morte de um de seus personagens.

Após a estreia do episódio, o showrunner Derek Haas falou sobre a inspiração para essa morte da série e como ela irá afetar os outros personagens no resto da temporada de Chicago Fire.

“Já fazia tempo desde que nos despedimos de um personagem central”, disse Haas ao ET, sobre a morte de Otis (Yuri Sardarov).


“Eu conheço o Yuri desde antes de Chicago Fire, desde que ele estava na faculdade”, continua Haas. “Fizemos um filme juntos que eu escrevi e produzi em 2011. Ele é uma ótima pessoa”.

Mantendo o público interessado

O showrunner falou também sobre como manter a audiência engajada.

“Mas você pensa, ‘Ok, o que eu posso fazer que vai realmente agitar as coisas nessa série, em termos dessas situações perigosas que colocamos nossos personagens?’”, disse Haas.

“E você tem um limite de quantas vezes pode colocá-los e tirá-los do perigo até a audiência parar de se preocupar com a situação”, continua o showrunner.

“Não queríamos só escrever sua morte no primeiro episódio e então esquecer que ele existiu. A vida real não é assim, não é assim que as coisas funcionam”, continuou o showrunner de Chicago Fire. “Então, dessa vez, acho que mais do que fizemos anteriormente, queríamos ver como isso afeta as pessoas de diferentes formas”.

Vamos ver como tudo continua nos próximos episódios da série da NBC.

Chicago Fire está renovada para 9ª temporada.

A série tem exibição do canal Universal para o Brasil. Além disso, está disponível no Globoplay.