Com uma história duradoura, Chicago Fire teve algumas mudanças chocantes no elenco. Uma, com certeza, é a saída de Dora Madison Burge da série.

Durante a 3ª temporada, a atriz apareceu como Jessica Chilton, que logo ganhou o apelido de Chili. Foi revelado ainda que a personagem era a irmã gêmea de Alissa Chilton, também interpretada pela atriz em Chicago P.D..

Chili, inclusive, chegou trazendo grande expectativa. A personagem foi introduzida no crossover com Chicago P.D. e Law & Order: SVU. Todos ficaram com a impressão de que seria uma personagem importante.


Porém, a personagem de Dora Madison Burge teve um arco rápido e trágico, o que a marcou mais ainda em Chicago Fire. Na 4ª temporada, a paramédica Chili foi demitida e deixou esse universo.

Para os fãs, a saída da personagem ainda é estranha. Mas, a verdade sobre a despedida de Chili deve esclarecer alguns dos questionamentos dos espectadores.

Real motivo da saída de Chicago Fire

Na série, Chili volta bastante irritada para 4ª temporada. Logo, o motivo para isso é revelado: a irmã gêmea dela foi encontrada morta.

Por conta do luto, a paramédica começa a cometer erros graves no trabalho. Isso leva a mais uma chocante descoberta. Chili estava deixando o trabalho para beber, o fez com que a personagem fosse demitida.

Mesmo com Chili prometendo que iria para reabilitação, a equipe não quis mais contar com ela. A saída aconteceu no meio da temporada, o que deixou os fãs de Chicago Fire ainda mais confusos.

Ao The Hollywood Reporter, o showrunner Matt Olmstead revelou que a saída da paramédica foi uma decisão de roteiro. A produção queria dar mais dinamismo na série e Chili foi a escolhida para movimentar a trama.

“É difícil… nós adoramos a atriz e a ela fez um grande trabalho”, lamentou o showrunner.

Sobre ser no meio da temporada, Olmstead defende que as séries também precisam de revelações chocantes na metade do ano. Vale lembrar que atrações como Chicago Fire sempre tem um hiato quando alcançam esse ponto de cada temporada.

“Você não pode guardar os grandes momentos, como saídas e entradas, apenas para o capítulo final. Então, você pode ameaçar as saídas das pessoas e dar um corte aqui ou ali, mas se você não fizer, não vão acreditar em você”, completou o chefe de Chicago Fire.

Chicago Fire está renovada para 9ª temporada.

A série tem exibição do canal Universal para o Brasil. Além disso, está disponível no Globoplay.