Stephen Amell, protagonista de Arrow, mostrou apoio ao colega Grant Gustin, de The Flash, após comentários sobre a demissão de outro ator do universo DC na televisão.

Grant Gustin publicou um texto em suas redes sociais afirmando que estava de “coração partido” e “bravo para caramba” com a situação de Hartley Sawyer.

Sawyer foi afastado depois da divulgação de antigos tuítes racistas e misóginos. Gustin, colega direto dele em The Flash, mostrou-se bem afetado por tudo, como você pode ver no post abaixo.


Durante seu pronunciamento, Gustin afirmou que vai fazer o máximo para mudar o set de The Flash, trazendo mais escritores, produtores e diretores diversos, focando em pessoas negras.

No final, ele também destacou a importância do movimento Black Lives Matter, que vem trazendo milhões de pessoas às ruas nos Estados Unidos e no mundo.

Stephen Amell repostou a mensagem do colega, acrescentando que Grant é um dos “caras mais empáticos” que ele conhece e que estava orgulhoso de ter tido a chance de trabalharem juntos.

Ator é demitido por comentários racistas e misóginos

O intérprete do Homem Elástico em The Flash, Hartley Sawyer, foi demitido da série após a divulgação de uma série de tuítes feitos entre 2012 e 2014.

Entre as postagens, havia admissões de assédio e agressão a mulheres, todos feitos em forma de “piada”. Também brincou com a vontade de fazer comentários racistas.

Ele se desculpou, dizendo que eram brincadeiras idiotas e uma forma de chamar a atenção na época, mas de qualquer maneira sua participação nas séries da DC foi encerrada.

The Flash foi renovada para a sétima temporada e deve ser lançada em 2021.