La Casa de Papel é a série de língua espanhola mais popular da Netflix. No Brasil, a produção se tornou um verdadeiro fenômeno cultural, inspirando fantasias, músicas e muito mais.

A quarta temporada de La Casa de Papel já chegou à Netflix. Neste ano, milhões de pessoas correram para maratonar os episódios, que corresponderam (e até superaram) as expectativas de muita gente.

Fãs de La Casa de Papel já sofreram com a morte de personagens queridos como Oslo, Moscou, Berlim e principalmente a icônica  Nairobi.


A personagem vai fazer falta na quinta temporada, e sua intérprete falou sobre seu legado em uma entrevista recente; confira abaixo!

O que mudaria?

Um dos momentos mais chocantes da quarta temporada de La Casa de Papel foi a morte de Nairóbi. A personagem leva um tiro na cabeça ao ser levada como refém por Gandia.

Espectadores e membros da equipe do Professor ficaram devastados. Muitos acreditavam e esperavam que Nairobi pudesse se reunir novamente com o filho Axel.

Em uma entrevista recente, a atriz Alba Flores falou sobre a despedida da personagem e sua experiência vivendo a assaltante por vários anos.

“O que eu mais gosto na Nairobi é a maneira que ela lida com o seu trabalho — a produção do dinheiro — com as pessoas do banco, e o jeito como ela desenvolveu sua liderança”, afirmou a atriz.

A intérprete de Nairóbi também revelou o que mudaria em sua personagem caso tivesse a oportunidade.

“Eu queria que ela tivesse mais autoconfiança e fé em si mesma desde o início. Acho que esse aspecto ficou faltando, e provavelmente é a única coisa que eu não gostei nela”, opinou Flores.

A atriz também imaginou uma trama na qual a liderança do assalto fica com Nairóbi, ao invés do Professor.

“Se ela tivesse tomado o controle do plano de assalto, eles teriam sido ainda mais bem sucedidos. E isso tudo se relaciona com a maneira que ela lida com o pessoal”, sugeriu Alba Flores.