A estrela de The Walking Dead, Pollyanna McIntosh, que reprisará seu papel da série de televisão ao lado de Rick Grimes, de Andrew Lincoln, no primeiro longa-metragem da franquia, revelou que ficaria “muito surpresa” se os lançamentos no cinema não avançarem conforme o planejado, apesar de o processo de desenvolvimento ter sido atrapalhado pela pandemia de coronavírus.

O roteirista e o diretor de conteúdo de The Walking Dead, Scott Gimple, confirmou o trabalho em uma trilogia após a saída na nona temporada de Lincoln da série de televisão, onde Rick e Anne desapareceram a bordo de um misterioso helicóptero, mas as atualizações em sua próxima aventura foram poucas e distantes desde que os detalhes foram revelados por Gimple ao vivo no Talking Dead, em novembro de 2018.

“Eu conversei com Angela Kang sobre o desenvolvimento, mas principalmente tem dependido de quando o programa voltará e como esses planos estão indo”, disse McIntosh ao podcast Talk Dead to Me sobre o retorno da décima temporada.


“Eu acho que é provavelmente o que está mais presente nas mentes de todos no momento, porque os produtores têm a responsabilidade por um grande elenco e equipe que amam, e tentam descobrir como tornar o trabalho seguro para eles filmarem o programa.”

“Tenho certeza que os filmes vão acontecer”, continuou McIntosh.

“Mas uma série provavelmente está muito mais na vanguarda das prioridades no momento.”

O desenvolvimento continua

Além de uma décima primeira temporada prevista para começar a produção no início do próximo ano para uma estreia na TV no final de 2021, o elenco de The Walking Dead voltará ao trabalho nos próximos meses para seis episódios “extras” da décima temporada.

Kang supervisiona esse domínio, enquanto Gimple continua trabalhando no roteiro do primeiro filme sem título de The Walking Dead.

“Eu sei que eles também querem que o roteiro seja totalmente sólido, e as gravações acontecerão no momento correto”, acrescentou McIntosh sobre o projeto que une Gimple ao criador de The Walking Dead, Robert Kirkman.

“Tenho a mesma mentalidade dos fãs, quero que tudo aconteça o mais rápido possível.”

Solicitada a confirmar quando a trilogia de filmes acontecerá, McIntosh respondeu: “É muito difícil dizer. Não apenas por respeito aos segredos que o programa guarda, mas também apenas pelas vidas no momento.”

“Nós simplesmente não temos certeza de nada no momento, não é?”, disse a atriz.

“As coisas estão mudando. Mas é impossível que esses filmes de The Walking Dead não sejam produzidos. É um trabalho especial demais para muitas pessoas, particularmente para Andrew Lincoln”, acrescentou McIntosh.

“Andrew está muito comprometido com o personagem e em terminar esta história. Então, ficaria surpresa se os filmes não acontecessem.”

O produtor executivo de The Walking Dead, David Alpert, confirmou recentemente que o primeiro filme será gravado assim que for seguro.

Na última atualização fornecida ao Comic Book durante a Comic-Con@Home, Gimple observou que Lincoln está “muito envolvido” com a criação dos filmes no estilo de Logan e o astro está “ansioso para voltar” ao universo de The Walking Dead.

Ainda não há data de lançamento para a trilogia de filmes de The Walking Dead. A décima temporada da série de TV voltará em 4 de outubro.