Chicago P.D. deve se aprofundar em um romance entre dois personagens na sua nova temporada. Ao menos é o que prometeu o showrunner Rick Eid.

Em entrevista ao TV Guide, o showrunner disse que os fãs verão Hailey Upton e Jay Halstead progredindo no romance.

“Estamos empolgados para trazer mais profundidade no relacionamento de Halstead e Upton e explorar se os dois conseguem levar um relacionamento romântico e profissional ao mesmo tempo”.


Para quem não se lembra, quando Jay foi liberado do hospital após um tiroteio, Hailey ia revelar seus sentimentos por ele, mas ela foi interrompida por uma ligação para Jay.

Pouco após, Hailey foi enviada para Nova York para trabalhar com o FBI, por ter ultrapassado muitos limites no seu papel dentro da equipe.

“O problema em ultrapassar limites é que, se você faz isso o suficiente, acaba esquecendo onde eles estão”, disse Voight para ela no capítulo Lines. “Você não os enxerga mais”.

Resta aguardar para saber como será o relacionamento de Upton e Halstead daqui para a frente.

Novos vilões

A 8ª temporada de Chicago P.D. deve trazer colegas e membros da família de um policial como grandes vilões. Tudo está ligado ao final do 7° ano.

No último capítulo, Doyle foi morto após uma operação não funcionar. Atwater, que estava com ele, contou a verdade: o colega agiu a partir de um ato racista.

Na continuidade do episódio, Atwater começou a ser perseguido por outros policiais dentro do próprio bairro. Eram colegas de Doyle que não aceitavam o que foi dito pelo personagem.

Para o TV Line, o showrunner Rick Eid confirmou que os colegas de Doyle e os familiares serão inimigos dos personagens na 8ª temporada. O fato deve ganhar ainda mais força já que o 7° ano foi cortado por causa do coronavírus (COVID-19).

“São inimigos formidáveis e apresentarão um desafio grande para Atwater”, garantiu o chefe de Chicago P.D..

Chicago P.D. está disponível no Globoplay.