Alerta de spoilers!

Ragnar Lothbrok foi o protagonista de Vikings até o fim da quarta temporada da série, curiosamente, ele teria morrido bem antes disso, se os planos originais da série tivessem sido seguidos.

Vikings foi concebido como uma série de apenas uma temporada e terminaria com a morte de Ragnar, conforme revelou o criador da obra, Michael Hirst, durante o Comic-Con@Home.

“Quando eu estava escrevendo a série, Ragnar morreria no fim da primeira temporada”, disse Hirst. “Mas quando estávamos fazendo a série, percebi no fim da temporada, que estávamos apenas no começo da jornada de Ragnar”.


“Vários avisos indicavam que matar o personagem principal acabaria prejudicando a série e isso seria um risco”, continuou o criador de Vikings.

“Mas eu vendi a série com a base de que essa é a história de Ragnar Lothbrok e seus filhos”, disse Hirst.

Mais mortes

O criador de Vikings ainda revelou que Harald Finehair também quase morreu algumas vezes durante a série.

“Nos roteiros, eu tentei matá-lo três vezes e simplesmente não consegui fazer isso”, explicou Hirst. “Ele fez muitas coisas ruins, mas ele fez tudo tão bem e ele tem um grande senso de humor e eu não queria perder isso”.

Ainda na Comic-Con 2020, Michael Hirst indicou o que os fãs podem esperar dos capítulos finais.

O escritor garante que os destinos de todos os personagens serão decididos nesses episódios.

“Os personagens que aprendemos a amar vão ter os destinos revelados, se vão ficar vivos ou serão entregues nas mãos dos deuses. Eu acho que a conclusão da saga é satisfatória e tem um final com grande significado”, disse o criador.

“Eu acho que todos os fãs vão se sentir do mesmo jeito. Eu tentei dar justiça a todos personagens e acho que consegui”, continuou Hirst.

Outra informação importante é que os episódios finais estão confirmados para chegarem no final de 2020. A confirmação foi feita no painel.

Enquanto isso, as temporadas anteriores de Vikings estão disponíveis na Netflix.