Em Grey’s Anatomy, Arizona Robbins (Jessica Capshaw) era uma boa companheira em qualquer ocasião. Claro, a personagem teve seus momentos.

Mas mesmo depois que o romance de Arizona com Callie Torres (Sara Ramirez) terminou, a cirurgiã pediátrica e fetal continuou a brilhar. Então, naturalmente, os espectadores ficaram chocados quando a ABC anunciou que Capshaw deixaria Arizona para trás após a décima quarta temporada de Grey’s Anatomy.

Mas por que a atriz saiu da série de sucesso? O Observatório do Cinema apurou o que aconteceu em 2018.


Por que deixou a série?

Na décima segunda temporada de Grey’s Anatomy, Callie e Arizona lutaram pela custódia de sua filha, Sophia, depois que Callie decidiu se mudar para Nova York com sua namorada, Penny Blake (Samantha Sloyan). A audiência em si era difícil de assistir, para dizer o mínimo.

Mas no final, Arizona ganhou a custódia exclusiva de Sophia. No entanto, Callie e Arizona chegaram a um acordo e dividiram o tempo com a filha.

Então Callie foi para Nova York, deixando Arizona para trás em Seattle, embora isso possa não ser o fim de sua história. Quando a décima quarta temporada de Grey’s Anatomy foi ao ar em 2018, Sophia voltou para Seattle.

No entanto, ela teve dificuldade em se ajustar. Ela sentia falta da vida e da mãe em Nova York.

Enquanto isso, a mentora em cirurgia fetal de Arizona, Nicole Herman (Geena Davis), voltou e queria iniciar um novo centro de saúde para mulheres. E como o centro poderia ser construído em qualquer lugar, Arizona e Nicole decidiram que a construção acontecesse em Nova York.

Finalmente, no final da décima quarta temporada de Grey’s Anatomy, Arizona sugeriu que ela poderia voltar a ficar com Callie, notando que não podia deixar de sorrir ao enviar uma mensagem para sua ex. Arizona, assim, deixou Seattle para Nova York e não retornou ao Gray Sloan Memorial.

Em março de 2018, o Deadline relatou que Capshaw e Sarah Drew – que interpretou April Kepner – não voltariam depois da décima quarta temporada de Grey’s Anatomy. A publicação também compartilhou que a decisão foi tomada porque o drama médico da ABC queria seguir uma direção criativa diferente.

Em seguida, a produtora Krista Vernoff disse em um comunicado: “As personagens Arizona e April estão permanentemente entrelaçadas no tecido de Grey’s Anatomy, graças ao extraordinário trabalho de Jessica Capshaw e Sarah Drew. Como escritores, nosso trabalho é seguir as histórias para onde querem ir e, às vezes, isso significa dizer adeus às personagens que amamos.”

“Foi uma alegria e um privilégio trabalhar com essas atrizes fenomenalmente talentosas.”

Enquanto isso, Capshaw divulgou uma declaração própria no Twitter, reconhecendo o impacto de sua personagem de Grey’s Anatomy.

“Nos últimos dez anos, tive o raro privilégio de não apenas interpretar Arizona Robbins, mas também estar loucamente apaixonada por interpretá-la”, escreveu Capshaw.

“Ela foi um dos primeiros membros da comunidade LGBTQ a ser representada em um papel regular de uma série na rede de televisão. Seu impacto no mundo é para sempre.”

Grey’s Anatomy já foi renovada para a décima sétima temporada, mas ainda não há data de lançamento.