O final de Game of Thrones foi duramente criticado por muitos fãs, com muitos dizendo que tais decisões estragaram seus personagens preferidos.

Muito antes disso, no entanto, um personagem fez um erro gigantesco – não se trata de um problema da série e sim da linha de raciocínio do Robb Stark.

Para quem não se lembra, após Ned Stark ser executado na primeira temporada de Game of Thrones, Robb Stark toma controle dos exércitos do Norte e parte em direção a Porto Real, a fim de resgatar suas irmãs e se vingar de seu pai.


Há, contudo, grandes problemas na linha de raciocínio do então Rei do Norte, deixando bem claro que seu único erro não foi apenas quebrar sua promessa de casamento.

Nenhum planejamento

Primeiramente, Robb Stark não tinha nenhum plano fora vingar a morte de seu pai. Ele estava totalmente motivado pela raiva aos Lannisters.

Ele não sabia como invadiria Porto Real, não pensou em suprimentos para suas tropas, como seria capaz de derrotar todos os aliados da Coroa, dentre outras questões.

Grande erro de Robb Stark também foi sequer considerar a segurança e bem-estar do Norte. Ele não pensou em como a guerra afetaria sua terra natal e, de fato, chegou a perder controle da cidade.

Apesar de ter um motivo justo para entrar em guerra, Robb Stark apenas provou querer poder tanto quanto outros personagens de Game of Thrones e agiu repetidas vezes de forma inconsequente, pensando apenas no imediato e não a longo prazo.

Não por acaso sua história não acabou bem.

Todas as temporadas de Game of Thrones estão disponíveis no HBO GO.