Inúmeros médicos, estagiários e pacientes passaram pelos hospitais de Grey’s Anatomy nas 16 temporadas da série. Interpretados por grandes nomes da TV, alguns personagens se despediram e deixaram saudades nos fãs.

A série exibiu recentemente sua décima sexta temporada, que acabou sendo encurtada devido à pandemia do coronavírus.

O hospital é o grande centro da trama de Grey’s Anatomy, e a instituição já mudou de nome algumas vezes.


Confira abaixo os motivos por trás de todas as trocas de nome do hospital!

Mudanças importantes 

Fãs sabem que o hospital de Grey’s Anatomy mudou de nome várias vezes, mas qual foram os motivos para essa mudança?

O nome original do hospital era Seattle Grace Hospital, conhecido por ser um dos melhores estabelecimentos para os residentes em medicina.

No entanto, uma série de eventos acabou prejudicando a reputação do hospital e suas finanças. A instituição recebeu notas menores e foi obrigada a assumir um novo caminho drástico.

Todos esses problemas levaram à fusão do Seattle Grace com o Mercy West Medical Center. Com isso, o hospital foi rebatizado como “Seattle Grace Mercy West Hospital”.

A nova instituição com o tempo acabou declarando falência e sendo comprada pela fundação Harper Avery.

Após a finalização do processo de compra, o hospital foi renomeado mais uma vez, desta vez para Grey Sloan Memorial Hospital. 

O nome veio como homenagem a Lexie Grey e Mark Sloan, os dois médicos mortos no acidente de avião da décima primeira temporada.

O nome continua presente na série até hoje.

Grey’s Anatomy já foi renovada para a décima sétima temporada, que ainda não tem data de estreia.