Com 16 temporadas e mais de 350 episódios lançados, Grey’s Anatomy conquistou milhões de fãs no mundo inteiro e se tornou o drama médico mais duradouro de todos os tempos.

A série exibiu recentemente o final de sua décima sexta temporada, encurtada devido à pandemia do coronavírus.

Em seus mais de 15 anos na TV, Grey’s Anatomy introduziu e se despediu de muitos personagens. Alguns deles, começaram mal, mas conseguiram conquistar o coração dos fãs com o tempo.


Confira abaixo alguns exemplos!

Mark Sloan 

Quando Mark Sloan foi introduzido na segunda temporada de Grey’s Anatomy, era difícil não odiá-lo. Muitos fãs enxergaram o personagem apenas como um galinha, que se envolvia com qualquer rabo de saia que via pela frente.

Com o tempo, Mark se desenvolveu, retomou a amizade com Derek, criou uma conexão forte e verdadeira com Callie e morreu em uma das cenas mais emocionantes da série.

April Kepner 

April Kepner era uma das residentes do Mercy West quando o hospital se fundiu ao Seattle Grace. Naturalmente sua chegada provocou rusgas com médicos mais antigos e não foi bem recebida pelos fãs.

A situação mudou quando April perdeu a amiga Reed no tiroteio da sexta temporada. A personagem também enfrentou diversos desafios, foi demitida duas vezes e superou os traumas, se envolvendo em uma bonita relação com Jackson Avery.

Alex Karev 

Em sua primeira temporada de Grey’s Anatomy, Alex Karev era um personagem extremamente machista, inconveniente e de intenções dúbias.

Fãs concordam que Karev contou com um dos melhores desenvolvimentos da série, e terminou como um dos personagens mais queridos.

Grey’s Anatomy já foi renovada para a décima sétima temporada.