ALERTA DE SPOILERS

BlindspotPonto Cego exibiu a 5ª e última temporada nos Estados Unidos. Porém, como o mundo das séries mostra frequentemente, final é algo relativo.

A série de sucesso pode ter chegado ao fim da atual história ou pode ter encerrado a exibição na NBC, dos EUA. Ao Deadline, o criador Martin Gero comentou sobre a possibilidade de uma derivada, que continuaria a trama.

No final de BlindspotPonto Cego, há uma brincadeira em que Rich e Patterson viram caçadores de tesouros. Gero respondeu se algum derivado poderia acontecer e ao Deadline, comentou sobre uma história centrada em Zapata.


“Eu estaria super aberto a isso. Eu digo, Audrey Esparza é uma estrela desde o começo e se alguém quiser fazer um derivado sobre Zapata, sabe onde me encontrar. Eu amaria”, respondeu Gero.

No fim do seriado, Zapata se torna uma investigadora particular. Além disso, é uma mãe solteira após a morte de Reade.

Derivado pode mesmo acontecer?

Ainda é difícil dizer se alguma continuação de Ponto Cego pode acontecer. Oficialmente, não há nada em desenvolvimento.

Gero atualizou no que está trabalhando. O roteirista e produtor está com duas séries no momento, o que poderia complicar o início de mais algum projeto de Blindspot.

“Estou produzindo o reboot de Kung Fu, de Christina Kim, com o time Berlanti. Isso vai ao ar na CW, e eu e Brendan Gall criamos uma série (Connecting) de episódios mais curtos na NBC”, comentou Gero.

Algo que chama atenção, porém, é que o final feliz de Zapata está dentro da revelação do desfecho feliz de Jane. Quem sabe, assim, a protagonista ainda esteja viva.

“O agente do FBI Kurt Weller segue pistas escondidas nas tatuagens de uma mulher amnésica para desvendar uma conspiração”, diz a sinopse da série.

No Brasil, BlindspotPonto Cego tem 4 temporadas na Netflix. O ano final ainda não tem previsão de estreia na plataforma.