Stranger Things já lançou 3 temporadas e tem mais uma confirmada e em produção. A série é atualmente o maior sucesso da Netflix, conseguindo audiências astronômicas com o lançamento de cada leva de episódios.

É interessante ver como os astros da série cresceram desde a primeira temporada. Eleven e seus amigos começaram Stranger Things como crianças, passaram pela puberdade, e devem retornar como adolescentes na nova temporada.

A terceira temporada de Stranger Things terminou de maneira impactante, com várias tramas deixadas para serem abordadas no quarto ano.


Em uma entrevista recente, o chefe de dublês da Netflix falou sobre as teorias dos fãs e as cenas de ação da quarta temporada.

Confira abaixo!

Momentos impactantes 

No final da terceira temporada de Stranger Things, o xerife Hopper parecia ter morrido durante a explosão no laboratório soviético.

Como David Harbour já estava confirmado na quarta temporada, fãs logo imaginaram que a história do personagem ainda não havia chegado ao fim.

Com a divulgação do primeiro teaser da quarta temporada, a Netflix confirmou que Hopper realmente está vivo, e deixou fãs em polvorosa.

Em uma entrevista recente, Hiro Koda, diretor dos dublês de Stranger Things, falou sobre a revelação e as teorias dos fãs.

“Eles fizeram um ótimo trabalho, deixando tudo em segredo até a divulgação do vídeo. Todo mundo ficou chocado! E eu mesmo adoro ler artigos online com teorias dos fãs. Os fãs são incríveis e têm muita imaginação. Eu mal podia acreditar o quão perto (ou longe) eles chegaram da trama real”, afirmou Koda.

O diretor de dublês também falou sobre as cenas de ação da quarta temporada e as coreografias de luta dos principais atores.

“Grande parte do elenco ficou entusiasmada com as cenas de ação! O Billy (Dacre Montgomery) sempre pedia para gravar as próprias cenas de ação. ‘Ei cara, eu consigo fazer isso’, dizia ele”, contou o chefe de dublês.

Hiro Koda também falou sobre os talentos físicos de David Harbour.

“Hopper, o David Harbour, é incrível! Ele é super ágil e aprende as coreografias de luta super rápido, e se sente confortável nesses momentos. Além disso, ele é um homem muito grande e forte”, opinou Koda.

De acordo com o mestre dos dublês, a coreografia das lutas de cada personagem é produzida de maneira diferente.

“O jeito que o Steve luta é completamente diferente do estilo do Hopper, que por sua vez não tem nada a ver com a maneira que o Gregori luta. Nós criamos esses estilos e fazemos o possível para os personagens se manterem desse jeito”, contou Koda.

A quarta temporada de Stranger Things ainda não tem data de estreia na Netflix.