La Casa de Papel é a série de língua espanhola mais popular da Netflix. No Brasil, a produção se tornou um verdadeiro fenômeno cultural, inspirando fantasias, músicas e muito mais.

A quarta temporada de La Casa de Papel já chegou à Netflix. Neste ano, milhões de pessoas correram para maratonar os episódios, que corresponderam (e até superaram) as expectativas de muita gente.

Enquanto a quinta temporada de La Casa de Papel não estreia, fãs enchem as redes sociais de teorias sobre o destino dos personagens e acontecimentos das temporadas anteriores.


Confira abaixo uma revelação que vem confundindo os fãs de La Casa de Papel!

Erro ou coincidência?

Nas primeiras temporadas de La Casa de Papel, o Professor e sua equipe são investigados pela inteligente inspetora Raquel Murillo.

No entanto, a policial é completamente inocente ao fato de ter ficado amiga do Professor, que usava a identidade civil de “Salva”.

O nome real do Professor é Sergio Marquina, e o protagonista e Raquel Logo começam um relacionamento romântico.

No início da terceira temporada, Raquel já havia se integrado completamente à equipe. A personagem deixa seu cargo na polícia e assume o codinome de Lisboa.

Enquanto a nova temporada de La Casa de Papel não estreia, um fã resolveu assistir novamente um episódio da primeira temporada, no qual um detalhe no telefone de Raquel chamou a atenção.

“Raquel ter os nomes de Salva e Sergio salvos juntos no telefone é muito engraçado!”, escreveu um fã no Reddit.

Na imagem, as duas identidades do Professor aparecem próximas uma da outra.

No entanto, o Professor usava um modelador de voz para falar com Raquel em sua identidade real. Sendo assim, não teria jeito dela usar esse contato para descobrir seus segredos.

Fãs apresentaram outra hipótese para a cena em questão.

“Provavelmente é outro Sérgio, mas adoro que ela tem só uma 14 contatos no celular”, comentou outro fã.

A quinta temporada de La Casa de Papel ainda não tem data de estreia na Netflix.