The Big Bang Theory durou 12 temporadas. A série segue o gênio Sheldon Cooper (interpretado por Jim Parsons), que sempre teve um problema ao formar conexões emocionais ou românticas.

Os fãs descobriram uma trama alternativa em que Sheldon fez sexo com uma personagem que não apareceu na série. Os criadores de The Big Bang Theory prepararam um piloto que não foi ao ar quando a série foi aprovada.

No piloto, uma das amigas de Sheldon e Leonard Hofstadter (Johnny Galecki) era uma mulher chamada Gilda (Iris Bahr). Sua personagem foi descartada, mas mais tarde ela inspirou a personagem Leslie Winkle (Sara Gilbert), a física experimental.


Personagem descartada

Gilda deveria ser amiga íntima de Sheldon e Leonard, e ela trabalhou com eles na Caltech. Ela revela um fato chocante sobre a vida sexual de Sheldon, alegando que ela já havia feito sexo com ele em uma convenção.

Sheldon é conhecido por ser um personagem socialmente desajeitado que não é bom em formar relacionamentos românticos com mulheres. Os fãs sabem que demorou muito tempo para desenvolver uma conexão emocional e atração física por Amy Farrah Fowler (Mayim Bialik).

Portanto, essa reviravolta na história mostra uma mudança importante no personagem, pois ele sempre teve medo da intimidade. No piloto que não foi ao ar, Gilda diz que fez sexo com Sheldon em uma convenção de Star Trek.

Um dos traços de personalidade que define Sheldon são suas tendências assexuais – mas os criadores Bill Prady e Chuck Lorre tinham uma visão completamente diferente de Sheldon.

O CBR relatou: “Mais tarde no episódio, encontramos outra personagem rejeitada, a colega de Sheldon e Leonard, Gilda (interpretada por Iris Bahr), que estava romanticamente interessada em Leonard, mas, como é revelado no episódio, já teve relações sexuais com Sheldon em uma convenção de Star Trek.”

“A certa altura, Katie zomba da inexperiência de Sheldon com as mulheres e ele se defende, explicando que havia visto seis mulheres nuas em sua vida, e nem todas eram parentes.”

A sequência de abertura do piloto também mostrou Leonard e Sheldon ganhando dinheiro doando a um banco de esperma para doadores de alto QI. Sheldon então comentava sobre o físico de uma mulher vista na frente de uma das revistas da clínica.

Como a personagem Gilda nunca entrou na série, a história sexual de Sheldon teve que mudar. Em vez disso, o personagem Howard Wolowitz (Simon Helberg) foi apresentado como o amigo nerd com maior desejo sexual.

Os fãs passaram a amar Sheldon como um personagem socialmente desajeitado, por isso foi provavelmente a melhor decisão de mudar sua personalidade. Parsons ganhou quatro prêmios Emmy de Melhor Ator em uma Comédia por seu papel como Sheldon.

O piloto original foi descartado porque o público não se adaptou bem às personagens femininas.

No Brasil, The Big Bang Theory está disponível no Globoplay.