A série 3% se destacou por ter sido a primeira produção completamente brasileira da história da Netflix.

O seriado pegou todos de surpresa e foi um sucesso. Em determinado momento, se tornou o conteúdo de língua não inglesa mais assistido da Netflix, mas depois a série foi superada por sucessos como La Casa de Papel, da Espanha, e Dark, da Alemanha.

A trama de ficção retrata um futuro pós-apocalíptico em que a sociedade é dividida em dois mundos: o Continente, pobre, é onde vive a maioria da população, e o Maralto, rico e próspero, que só dá acesso a 3% da população do Continente, que passa por um duro processo anual.


O elenco da série conta com Bianca Comparato, Vaneza Oliveira e Rodolfo Valente, entre outros. O criador de 3% foi Pedro Aguilera.

A série agora retornou para sua quarta temporada, mas existe um lado negativo: não haverá quinta temporada.

Fim da linha

Foi anunciado em agosto de 2019 pela Netflix que a quarta temporada de 3% seria a última. Poucos detalhes foram revelados, na época.

Não se sabe por que a Netflix decidiu “cancelar” 3%, mas é possível que o motivo não seja relacionado à audiência: é comum que séries sejam desenvolvidas para a plataforma de streaming com um número limitado de temporadas em mente.

Nesse sentido, é possível que Aguilera sempre tenha pretendido que o seriado terminasse com a quarta temporada. Também é possível que o produtor tenha desejado se dedicar a outros projetos.

O criador de 3% já desenvolveu outra série para a Netflix: Onisciente, que não teve uma recepção tão positiva quanto sua criação mais famosa.

Existia a expectativa que Onisciente fosse renovada para uma segunda temporada, mas até o momento nada foi anunciado. De qualquer forma, mesmo após o fim de 3%, é possível que Pedro Aguilera continue trabalhando para a Netflix.

A quarta e última temporada de 3% já está disponível na Netflix.