Alerta de spoilers!

A primeira parte da temporada final de Vikings terminou com um gigantesco cliffhanger, mantendo o mistério sobre o desfecho da grande batalha entre Ivar e o exército Rus contra os Vikings liderados pelo Rei Harald e Bjorn Ironside.

Com muita luta ainda para acontecer, o ator Alex Høgh Andersen, que vive Ivar na série do History, publicou algumas fotos bem indicativas de seu destino.

Uma das fotos mostra o ator com sangue no rosto, possivelmente indicando um trágico fim para o filho de Ragnar.


Já outras fotos e vídeos mostram que ele terá uma barba longa na série, indicando que muito tempo se passará ainda (possivelmente um salto temporal em algum dos episódios, como é comum em Vikings).

A causa da morte de Ivar na vida real não é uma certeza, como geralmente acontece nesses casos, mas acredita-se que ele morreu em razão de uma doença súbita e que foi enterrado na Inglaterra.

Dito isso, é improvável que ele morra na batalha contra os Vikings da Noruega. Mas a série já se distanciou da História anteriormente, então teremos de aguardar para saber o que os deuses guardaram para Ivar, o desossado.

Veja as fotos e vídeos publicados por Alex Høgh Andersen logo abaixo.

https://www.instagram.com/p/CD3tAiUAh_1/

Vikings continua

Vikings vai ganhar uma série derivada após acabar, intitulada Vikings: Valhalla.

O detalhe mais importante revelado pela Netflix sobre Vikings: Valhalla é o tema principal da trama da série. Segundo a plataforma, Valhalla será uma continuação da história da série original, ambientada 100 anos após a conclusão da história dos filhos de Ragnar.

Espectadores poderão conhecer Vikings e personagens históricos da vida real, famosos por suas expedições e aventuras em um período completamente diferente do de Ragnar Lothbrok.

A série, no entanto, também vai focar em aventureiros de outras culturas e descendentes dos personagens de Vikings.

Leif Erikson é um dos desbravadores Vikings mais famosos de todos os tempos. Ele é conhecido por uma expedição que conseguiu chegar à América do Norte antes mesmo de Cristóvão Colombo. Evidências históricas apontam que ele estabeleceu um dos primeiros assentamentos nórdicos no Canadá.

Outra personagem de Vikings: Valhalla é Freydis Eiríksdóttir. A donzela guerreira foi descrita na Saga de Erik, o Vermelho como a irmã de Leif Erikson. Forte e ousada, a jovem era conhecida principalmente por suas habilidades em batalha, gosto pelo combate e jeito esquentado. A figura histórica era inclusive vista como mais violenta que seus companheiros homens. Sua arma preferida era o machado.

Harald Hardrada também fará parte de Vikings: Valhalla. Caracterizado como um Rei Guerreiro, Harald governou a Noruega com mãos de ferro na época dos Vikings. O próprio nome “Hardrada” vem do termo nórdico para “governante inflexível”. Antes de se tornar rei, Harald passou 15 anos como mercenário e comandante de exércitos no Império Bizantino.

Finalmente, Vikings: Valhalla deve focar em William, o Conquistador. Também chamado de William, o Bastardo, o personagem histórico foi o primeiro Rei Normando da Inglaterra, governando a nação de 1066 a 1087. William é descendente direto de Rollo, que em Vikings é o irmão de Ragnar.

A segunda parte da temporada final de Vikings deve chegar no final de 2020. Enquanto isso, a derivada deve estrear em 2021 – apesar de que não há confirmação ainda.