Jordan Patrick Smith, o Ubbe de Vikings, recentemente contou sobre sua chegada ao set da série. Ele revelou que levou 45 tapas de Travis Fimmel, o Ragnar, logo no seu primeiro dia nas filmagens.

“Eu lembro do meu primeiro dia no set, porque o Travis me deu 45 tapas na cara. Essa foi minha introdução a Vikings”, contou o ator em painel na Comic-Con@Home.

A cena ocorre na quarta temporada, com Ragnar batendo no rosto do filho. Smith confirmou que a cena foi gravada tantas vezes que ele acabou levando esse tapa repetidas vezes, a fim de manter a cena autêntica.


O ator chegou a dizer como foi a pressão ao estrelar Vikings, que já estava no auge da sua popularidade na época.

“Quando eu cheguei, eu tinha uma grande responsabilidade. Lembro de andar pelas colinas e alguém dizer, ‘por favor, não estrague isso, nossos trabalhos dependem de você’”.

Felizmente, a atmosfera nem sempre foi pesada. “Eu também lembro que todos me receberam muito bem. Foi nossa primeira vez na Irlanda, juntos, quatro irmãos, e todos nos receberam de braços abertos”.

Fim de Vikings

Vikings vai ganhar uma série derivada após acabar, intitulada Vikings: Valhalla.

O detalhe mais importante revelado pela Netflix sobre Vikings: Valhalla é o tema principal da trama da série. Segundo a plataforma, Valhalla será uma continuação da história da série original, ambientada 100 anos após a conclusão da história dos filhos de Ragnar.

Espectadores poderão conhecer Vikings e personagens históricos da vida real, famosos por suas expedições e aventuras em um período completamente diferente do de Ragnar Lothbrok.

A série, no entanto, também vai focar em aventureiros de outras culturas e descendentes dos personagens de Vikings.

Leif Erikson é um dos desbravadores Vikings mais famosos de todos os tempos. Ele é conhecido por uma expedição que conseguiu chegar à América do Norte antes mesmo de Cristóvão Colombo. Evidências históricas apontam que ele estabeleceu um dos primeiros assentamentos nórdicos no Canadá.

Outra personagem de Vikings: Valhalla é Freydis Eiríksdóttir. A donzela guerreira foi descrita na Saga de Erik, o Vermelho como a irmã de Leif Erikson. Forte e ousada, a jovem era conhecida principalmente por suas habilidades em batalha, gosto pelo combate e jeito esquentado. A figura histórica era inclusive vista como mais violenta que seus companheiros homens. Sua arma preferida era o machado.

Harald Hardrada também fará parte de Vikings: Valhalla. Caracterizado como um Rei Guerreiro, Harald governou a Noruega com mãos de ferro na época dos Vikings. O próprio nome “Hardrada” vem do termo nórdico para “governante inflexível”. Antes de se tornar rei, Harald passou 15 anos como mercenário e comandante de exércitos no Império Bizantino.

Finalmente, Vikings: Valhalla deve focar em William, o Conquistador. Também chamado de William, o Bastardo, o personagem histórico foi o primeiro Rei Normando da Inglaterra, governando a nação de 1066 a 1087. William é descendente direto de Rollo, que em Vikings é o irmão de Ragnar.

A segunda parte da temporada final de Vikings deve chegar no final de 2020. Enquanto isso, a derivada deve estrear em 2021 – apesar de que não há confirmação ainda.