Inúmeros médicos, estagiários e pacientes passaram pelos hospitais de Grey’s Anatomy nas 16 temporadas da série. Interpretados por grandes nomes da TV, alguns personagens se despediram e deixaram saudades nos fãs.

A série exibiu recentemente sua décima sexta temporada, que acabou sendo encurtada devido à pandemia do coronavírus.

Nos mais de 15 anos de história de Grey’s Anatomy, a criadora Shonda Rhimes se arrependeu de ter matado pelo menos um personagem.


Confira abaixo quem é esse personagem!

Se arrependeu?

Se os fãs de Grey’s Anatomy fossem consultados sobre as mortes mais trágicas da série, com certeza citariam os destinos de Derek Shepherd, George O’Malley, Lexie Grey, Denny Duquette, entre outros.

Shonda Rhimes, no entanto, gostaria de ter evitado a morte de um personagem bem menos importante.

Em uma entrevista, a criadora de Grey’s Anatomy revelou que gostaria de ter poupado um convidado muito especial: Kyle Chandler.

O ator de Friday Night Lights e Twin Peaks fez uma participação especial em quatro episódios da segunda temporada, na pele de Dylan Young, o capitão do esquadrão antibombas que chega para solucionar o problema do hospital.

“Contar com a participação dele foi um presente! Ele me deu algumas ideias para o fim do personagem, e eu o mostrei a parte do roteiro que dizia que ele iria explodir. Isso foi literalmente o que eu disse. O personagem foi criado para explodir, mas eu não queria explodí-lo”, contou Rhimes.

Grey’s Anatomy já foi renovada para a décima sétima temporada.