Grey’s Anatomy está chegando na 17ª temporada e com a mesma protagonista. Ellen Pompeo, a Meredith, fez o nome dela com o drama médico.

Porém, isso poderia ser diferente. No podcast Unbothered, a famosa comentou qual seria a única situação para deixar Grey’s Anatomy – para sorte dos fãs, isso não tem mais como acontecer.

“Se eu tivesse começado a série quando era mais nova, como aos 25, eu teria saído aos 31 ou 32, no fim do contrato de 6 anos”, declarou a atriz.


Como isso não aconteceu, Ellen Pompeo viu com bons olhos permanecer na série. Atualmente, ela é um dos maiores nomes da TV com Grey’s Anatomy.

“Eu sabia que chegar aos 40, é como, não quero ficar correndo atrás de papéis… implorando. Eu não tive uma infância particularmente feliz. Eu agora tenho um incrível marido e três lindas crianças, então ter uma vida feliz em casa era algo que eu queria, pra preencher o meu coração. Então, tomei a decisão de fazer dinheiro e não correr atrás de outros papéis”, completou a atriz.

A declaração enche os fãs de esperança que Grey’s Anatomy ainda pode ter mais temporadas pela frente além do 17° ano.

Novos contratos em Grey’s Anatomy

O Deadline afirma que um trio importante de Grey’s Anatomy assinou novos acordos. Os contratos seriam de múltiplos anos e com pagamentos maiores.

As negociações teriam acontecido com Kim Raver (Teddy Altman), Camilla Luddington (Jo Karev) e Kevin McKidd (Owen Hunt). Ao que parece, Grey’s Anatomy não quer mais perder atores como Justin Chambers, o Karev, que saiu na 16ª temporada.

Vale lembrar que a 17ª temporada terá a trama da pandemia do coronavírus (COVID-19). Já foi revelado que Owen ganhará destaque – com o novo contrato, parece que isso vai durar ainda mais.

Além disso, o acordo dá uma espécie de imunidade ao trio. Os fãs sabem que esses personagens não podem ser uma próxima vítima do seriado.

No Brasil, Grey’s Anatomy é exibida no canal Sony.