Atenção! Contém spoilers da quinta temporada de Lucifer.

Lucifer é uma das séries mais populares da Netflix. Após ser cancelada pela Fox, a produção ganhou uma nova chance na plataforma e lançou uma ótima quarta temporada com grandes desenvolvimentos na trama.

Recentemente, a Netflix deixou fãs ansiosos a estreia da primeira parte da quinta temporada de Lucifer, que chegou em 21 de agosto. A plataforma aumentou ainda mais a expectativa com a renovação da série para mais uma leva de episódios.

Originalmente, a série terminaria na quinta temporada, mas a Netflix firmou um novo contrato com Tom Ellis e garantiu mais um ano.


No final da primeira parte da quinta temporada de Lucifer, um desenvolvimento importante atinge a história do protagonista e Chloe Decker: O demônio não consegue dizer ‘eu te amo’ para a parceira.

Confira abaixo o que aconteceu!

Momento impactante

No final da primeira parte da quinta temporada de Lucifer, um desenvolvimento importante atinge a história do protagonista e Chloe Decker.

“É claro que eu gostaria de ver Chloe e Lucifer em um relacionamento. Eles merecem ser um casal e trabalhar os aspectos da vida que todos os casais esperam… No entanto, ficaria decepcionado se os roteiristas decidissem matar algum personagem importante, porque agora eles já confirmaram a sexta temporada”, afirmou um fã.

Durante um dos momentos mais importantes do episódio final da primeira parte da quinta temporada, Chloe confronta Lucifer sobre a relutância do protagonista em dizer “eu te amo”.

Parece que Lucifer estava finalmente pronto para assumir os sentimentos, mas a conversa do casal é interrompida pela chegada de Amenadiel, que compartilha suas preocupações sobre o filho Charlie.

O momento tocante foi ainda mais genuíno quando Lucifer chamou a detetive de Chloe, algo que o demônio nunca costuma fazer.

Mas afinal de contas, por que Lucifer não consegue dizer essa simples (e complicada) frase?

O fato do personagem ser extremamente narcisista, como foi diagnosticado pela Dra. Linda pode ser a razão mais simples. Luficer não é humano, ele é uma entidade celestial que existiu por milênios, e mesmo entre os irmãos anjos, é considerado egoísta e vaidoso.

Vale lembrar que o Diabo liderou a rebelião contra Deus para absorver a supremacia do universo. O protagonista cresceu muito desde sua chegada à Terra, mas o peso dos milhares de anos no Inferno com certeza afetou sua personalidade e emoções.

Em uma explicação mais simples, Lucifer pode simplesmente precisar analisar melhor seus sentimentos pela parceira, e decidir se realmente ama Chloe com todo o coração.

A primeira parte da quinta temporada de Lucifer está disponível na Netflix.