A temporada final de Game of Thrones gerou bastante polêmica e muitos fãs condenaram a série pela forma como “estragou” alguns de seus mais icônicos personagens, incluindo Daenerys.

Um grande erro da temporada, contudo, não teve nada a ver com sua trama e sim com o deslize de alguém da equipe ou elenco.

No quarto episódio da oitava temporada de Game of Thrones, intitulado The Last of the Starks, podemos ver, em um curto trecho, um copo do Starbucks em cima da mesa.


Logo esse fato se tornou famoso nas redes sociais, a tal ponto que os editores da série removeram digitalmente o copo dois dias depois. Mas o estrago já tinha sido feito.

Um lado saiu especialmente favorecido por esse deslize: o próprio Starbucks, que faturou milhões em cima dessa propaganda não intencional.

De acordo com o CNBC, o Starbucks ganhou aproximadamente 2,3 bilhões de dólares por esse marketing acidental.

Em apenas 48h, o copo foi mencionado 193 mil vezes em redes sociais.

Nova série de Game of Thrones

Game of Thrones pode ter acabado, mas ainda veremos mais do universo criado por George R.R. Martin nas telinhas.

A série derivada House of the Dragon já foi confirmada e será uma produção da HBO Max.

A trama seguirá a linhagem dos Targaryen 300 anos antes de Game of Thrones, tendo sua história adaptada do livro Fogo e Sangue.

House of the Dragon foi encomendada diretamente como série, sem precisar da aprovação do piloto. A primeira temporada terá 10 episódios.

Miguel Sapochnik, diretor de episódios importantes de Game of Thrones, será o co-showrunner e ficará na direção do piloto. O projeto começou a ser desenvolvido por outro veterano da série original, o escritor e produtor Bryan Cogman.

House of the Dragon não tem previsão anunciada de estreia. Enquanto isso, Game of Thrones está disponível na HBO Go.