Os fãs de Grey’s Anatomy viram muitos de seus personagens favoritos desaparecendo ou morrendo. Um deles foi Mark Sloan, vivido por Eric Dane – eis por que ele foi morto.

Criada por Shonda Rhimes, Grey’s Anatomy estreou em 2005 e, embora tenha sido planejada inicialmente como uma minissérie, foi tão bem recebida que vive há mais de dez temporadas e não mostra sinais de parada em breve.

Infelizmente, viver por tanto tempo também significa que nem todos os atores podem ficar para sempre, e a série já se despediu da maior parte de seu elenco original.


Grey’s Anatomy, como outros dramas médicos, segue a vida de estagiários e médicos, enquanto fazem o possível para conciliar suas vidas profissionais e pessoais, que na maioria das vezes acabam se misturando. A série é liderada por Meredith Gray (Ellen Pompeo), que os telespectadores conheceram como estagiária no Seattle Grace Hospital e que agora é chefe de cirurgia geral.

Ao chegar ao hospital, Meredith conheceu a equipe de médicos. Um deles era Mark Sloan (Eric Dane), mais lembrado agora como “McSteamy”.

Mark era um amigo de infância de Derek Shepherd que também trouxe drama à sua vida, pois teve um caso com sua esposa, Addison Montgomery.

Mark mudou muito durante seu tempo na série, e na oitava temporada, ele teve uma filha com Callie e ainda estava lutando com seus sentimentos por Lexie Gray, mesmo tendo um relacionamento com Julia. Nos dois episódios finais da oitava temporada, Mark, Lexie, Derek, Meredith, Cristina Yang e Arizona Robbins voaram para ajudar em uma cirurgia em um hospital em Boise.

O avião caiu e Mark encontrou Lexie sob os escombros, mas não conseguiu salvá-la. Lexie morreu, mas não antes de Mark se manifestar sobre seus sentimentos por ela.

Embora Mark e o resto tenham sobrevivido ao acidente, ele ficou gravemente ferido, o que não era evidente até o episódio de estreia da nona temporada, onde ele estava no suporte à vida. Conforme determinado por sua vontade, as máquinas foram desligadas e Mark Sloan morreu.

Por que morreu?

A partida de Eric Dane foi anunciada em 2012, e ele expressou sua gratidão a Rhimes e ao restante da equipe de produção de Grey’s Anatomy, com Rhimes mais tarde acrescentando que Dane “não aceitou bem a decisão inicialmente”, mas eles decidiram que era a hora certa de terminar a história de Mark.

Um ano depois, em uma entrevista à EW, Dane comentou sobre ter deixado Grey’s Anatomy, dizendo que a série é um mundo e não apenas um personagem, e as histórias já estavam indo em direções diferentes.

Ele então viu uma oportunidade de deixar o seriado, pois já estava interessado em outra coisa – e isso seria a série The Last Ship, que ele disse que era uma chance para não deixar passar.

Rhimes mais tarde justificou a decisão de matar Mark, em vez de abordá-lo de uma maneira diferente, dizendo que ela “tinha que fazer o que era certo para a integridade do personagem”, e dessa maneira Lexi e Mark “ficariam juntos, de certa forma”.

Grey’s Anatomy não é a melhor série quando se trata de descartar personagens, já que matá-los é a solução mais frequente dos roteiristas, e a morte de Mark Sloan é definitivamente uma das mais comoventes, não apenas por causa de como aconteceu, mas também porque ele era um personagem querido dos fãs.

Grey’s Anatomy já foi renovada para uma décima sétima temporada. No entanto, ainda não há data de lançamento.