Alerta de spoilers!

Um dos personagens mais subutilizados em Lucifer é a psiquiatra Linda Martin. Ela já recebeu atenção na série, mas geralmente isso ocorre vinculado a um personagem homem, como foi o caso do arco de seu filho com Amenadiel.

Infelizmente, apesar desse arco, que poderia mudar bastante as coisas, a quinta temporada falhou completamente em desenvolver o arco da personagem.

Para piorar as coisas, a série da Netflix desperdiça uma chocante revelação sobre a personagem, que ocorre no segundo episódio, que mostra que Linda teve um bebê antes de Charlie, mas o abandonou.


Em certo momento da temporada, Linda e Maze vão atrás da filha já adulta da psiquiatra, que trabalha como corretora de imóveis.

Eventualmente eles a encontram e, após discussão sobre revelar ou não a maternidade de Linda, elas optam por tomar o caminho mais longo. Maze dá um documento a Linda que permitirá sua filha encontrá-la.

Personagem esquecida

O que acontece em seguida é que se configura como um desserviço à Linda: o seu arco é colocado em segundo plano, servindo apenas como base para desenvolver a história de Maze.

Maze também foi abandonada por sua mãe, Lilith e a história a coloca em destaque, completamente ofuscando Linda.

Obviamente queremos conhecer o passado de Maze, mas não foi necessário relegar outra personagem a segundo plano para que isso acontecesse.

Vale lembrar, contudo, que essa é apenas a primeira parte da quinta temporada de Lucifer. Podemos ver mais atenção em Linda na segunda metade.

Essa primeira metade do quinto ano de Lucifer já está disponível na Netflix.