Alerta de spoilers!

Os atores Josh Dallas e Melissa Roxburgh ainda não começaram as filmagens da terceira temporada de Manifest, mas eles sabem de uma coisa com certeza: vamos descobrir por que uma parte do avião foi parar na costa de Cuba.

A revelação chocou os fãs e parece que o elenco está tão curioso sobre isso quanto os fãs, com Dallas perguntando (via Nine): “É outro avião? É o mesmo avião? Por que está tão longe?”.

“O Major colocou ele lá? Quem sabe?”, acrescentou Roxburgh.


“Mas o que eu sei é que lidaremos com isso [na 3ª temporada] e isso vai abrir um novo labirinto na mitologia em volta do voo 828 e o que aconteceu com esses passageiros. Então seremos empurrados em uma nova jornada nesse mundo”, revelou o ator de Manifest.

Dallas ainda explicou que a escolha de seu personagem entre salvar sua esposa Grace ou o filho ainda não nascido foi um momento chave, que vai afetar toda a jornada de Ben daqui para a frente.

“Acho que isso mudou completamente a forma que ele pensa e acho que mudou a forma como ele encara o chamado, isso mudou como ele enxerga a vida”.

“Acho que, desse ponto em diante, isso vai levá-lo por um novo caminho”, continuou o ator de Manifest.

Para Roxburgh, o fato de Michaela perceber que quase colocou a vida de Cal em risco por não seguir os chamados será crucial para a evolução da personagem.

“Ela percebeu que talvez não estivesse fazendo a coisa certa, por mais que pensasse que sim. Ela estava ignorando os chamados, porque achou que parecia ser insano fazer o que eles pediam, mas isso gerou uma gigantesca consequência”.

A trama de Manifest

Escrita e produzida por Jeff Rake, Manifest explora um cenário simulado sobre o desaparecimento do voo 370 da aviação Malaysia Airlines, que desapareceu em 2014, na rota entre Kuala Lumpur e Pequim.

No avião, estavam 239 pessoas e até hoje, três anos depois, não há respostas e nem evidências sobre o que aconteceu.

Na série, esse voo retornaria cinco anos depois, após ter sido dado como desaparecido no mar. Entretanto, o tempo não passou para os passageiros e pessoas a bordo do voo, mas sim, para seus familiares e todas as pessoas do mundo.

Então, Manifest mostraria essas pessoas assim que voltam à vida, depois de ter passado cinco anos.

A direção do seriado fica por conta de David Frankel, que já dirigiu Marley e Eu e O Diabo Veste Prada. A produção é de Robert Zemeckis, diretor de De Volta para o Futuro.

Manifest já tem uma terceira temporada garantida. As duas anteriores estão disponíveis no Globoplay.