O produtor e diretor de X-Men: A Série Animada, Larry Houston, revelou como os advogados da Marvel exigiram um nome diferente para um membro dos X-Men por causa de um personagem de nome semelhante da rival DC Comics.

A lista de mutantes superpoderosos dos X-Men incluiu brevemente Morfo (ou “Morph”), um metamorfo morto no segundo episódio da primeira temporada do programa, que foi inspirado no personagem da Marvel Comics conhecido como “Changeling”.

Este mutante apareceu pela primeira vez em uma edição de 1967 da revista em quadrinhos dos X-Men, mas havia um problema: outro personagem com habilidades de metamorfose, o super-herói de pele verde mais comumente conhecido como Mutano da DC, operou sob o codinome “Changeling” nos quadrinhos dos anos 80 dos Jovens Titãs.


“Queríamos chamá-lo de Changeling, mas os advogados disseram que não podíamos porque era um dos personagens dos Jovens Titãs”, Houston lembrou durante um painel virtual da Wizard World com membros do elenco da série animada.

“Embora a Marvel tivesse usado o nome primeiro, os advogados disseram que tínhamos que encontrar outro nome. Foi assim que surgiu ‘Morfo’. É o mesmo personagem, mas com outro nome.”

A equipe de criação de X-Men: A Série Animada “pensou duas vezes” em ter a primeira vítima sendo Pássaro Trovejante, julgando inadequado apresentar e imediatamente matar um super-herói nativo americano.

Esse personagem aparece pela primeira vez como parte da equipe renovada de mutantes “totalmente novos e diferentes” em Giant-Size X-Men #1 de 1975 e morre em uma explosão de avião em sua segunda aparição.

Retorno da morte

“Ele estava morto. Não sei se vocês sabiam, mas ele não deveria ter voltado”, disse Houston sobre Morfo sendo eventualmente ressuscitado.

“As séries animadas de sucesso na época eram Scooby-Doo ou Super Amigos. Nós queríamos fazer algo diferente, que fosse único.”

A popularidade de Morfo levou à sua ressurreição nas mãos do vilão Sr. Sinistro na segunda temporada.

“Tivemos que negociar com o pessoal da censura, mas assim que isso fosse aprovado, queríamos que um personagem fosse morto para mostrar que todas as coisas podem acontecer”, continuou Houston.

“Um personagem pode ser morto, existem ramificações para as coisas que acontecem na série.”

Durante esta aparição virtual ao lado dos atores George Buza e Cal Dodd, as respectivas vozes de Fera e Wolverine, Houston confirmou conversas com a Disney sobre um potencial renascimento para a série animada no Disney+.

Todas as cinco temporadas de X-Men: A Série Animada estão disponíveis para transmissão no Disney+, nos Estados Unidos. No Brasil, o serviço de streaming deve ser lançado em novembro de 2020.