Muitas vezes, os fãs ficam se perguntando: por que a Netflix cancela tantas séries?

É um debate que retorna todos os anos. E não dá nem mais para entender por que tantas pessoas ficam surpresas quando muitas séries do serviço de streaming são canceladas.

Mas qual é o verdadeiro motivo dessa decisão que deixa tantos fãs ao redor do mundo com raiva?


Por anos, especulou-se que a Netflix focava na “rotatividade”. Ou seja, cancelava algumas séries que não estavam mais rendendo tanto para que outras fossem produzidas.

De certa forma, isto ainda é verdade, mas pode ser que algo mais sério esteja acontecendo dentro da gigante do streaming.

Problemas na Netflix

De acordo com o jornalista Daniel Richtman, a Netflix está com um problema no orçamento. Ou seja, está tentando fazer as suas produções ficarem mais baratas.

Parte do corte de gastos, é claro, é o cancelamento de projetos que não dão mais tanto retorno.

No caso das séries I Am Not Okay With This e The Society, outro detalhe deixou o problema com orçamento ainda maior. De acordo com o Hollywood Reporter, com a paralisação em meio à pandemia de coronavírus, os custos para continuar com as duas séries ficariam muito altos.

Portanto, as duas foram cortadas enquanto estavam no meio da produção de suas novas temporadas, o que foi uma situação inédita.

Vale destacar que, quanto aos filmes, os orçamentos estão ficando mais impressionantes a cada ano. A Netflix já produz verdadeiros filmes de grande escala, e The Gray Man, com Ryan Gosling e Chris Evans, será o filme de maior orçamento da história do serviço de streaming, custando mais de US$ 200 milhões.

Ou seja, também é possível que, para produzir filmes tão grandiosos, a Netflix esteja precisando “equilibrar as coisas”, cortando gastos em outras áreas.

Em 2019, a dívida da Netflix já era de mais de US$ 12 bilhões. No entanto, o serviço de streaming continua crescendo exponencialmente em tamanho.

No Brasil, a Netflix está disponível com planos que vão de R$ 21,90 a R$ 45,90.