O diretor Matt Reeves já declarou, algumas vezes, que Batman, com Robert Pattinson, não é uma história de origem.

A trama se passa no segundo ano de atividade de Bruce Wayne como o Homem-Morcego. Ou seja, ele já conta com um pouco de experiência no combate ao crime.

A pergunta é: o que exatamente aconteceu no primeiro ano de atividade deste Batman?


A série Gotham Central vai mostrar o que aconteceu neste período. No entanto, não será através da perspectiva do próprio Batman.

Consequências do surgimento do Batman

Durante o DC FanDome, Reeves revelou que a série abordará como a chegada do Batman impactará os policiais de Gotham, principalmente os que são corruptos.

“Você começa a ver a história do ponto de vista desses policiais corruptos, um em particular”, comentou o cineasta.

“A série da polícia de Gotham vai denunciar a corrupção do Departamento de Polícia de Gotham. O projeto remonta ao Ano Um do Batman.”

“Veremos esses personagens de uma perspectiva que nunca vimos antes.”

A novidade é um detalhe importante sobre Gotham Central, que ajuda a diferenciar o seriado de Gotham, série da DC que foi cancelada após cinco temporadas.

Enquanto Gotham era um prelúdio que mostrava Gordon e Bruce Wayne muito mais jovens, explorando como nasceu a mitologia do Batman, Gotham Central vai focar em outros personagens, que passam a viver na sombra de um Batman já existente.

Gotham Central foi criada por Matt Reeves (Batman) e Terence Winter (Família Soprano), e terá produção de ambos.

O seriado será lançado exclusivamente no HBO Max. No entanto, ainda não existe uma data de lançamento.

Batman, com Robert Pattinson, chegará aos cinemas em outubro de 2021.