Alerta de spoilers!

The Good Place conta com inúmeras referências e piadas internas inseridas pelo seu criador, Michael Schur. Em vários episódios vemos referências a outras séries criadas por ele, como Parks and Recreation.

Uma dessas referências coloca, por exemplo, a bebida nefasta Snake Juice na mesa do Lugar Ruim. Já outra mostra que o cofre dentro do qual Jason Mendoza ficou preso (e acabou morrendo), foi criado por Ron Swanson.

Mas Schur conta com uma piada favorita que os fãs provavelmente não perceberam, que surge a partir de uma cena da terceira temporada, entre Trevor (Adam Scott) e a Juíza (Maya Rudolph).


Irritada com Trevor, a Juíza faz com que ele fique voando no vazio do pós-vida pela eternidade.

“Algumas vezes depois disso, sempre que mostrávamos as pessoas andando pelo sistema do pós-vida, na ponte, usávamos o que gravamos de Adam Scott voando e colocávamos no fundo”, disse Schur.

“Chegamos a usar seu grito de verdade e colocamos bem delicadamente no fundo”, continuou o showrunner de The Good Place.

Uma última vez

Isso aconteceu uma última vez, no episódio final de The Good Place, na cena que Michael vai até a mesa do recepcionista, que está cheia de sapos de pelúcia.

“Foi engraçado, porque então precisávamos creditar [Adam Scott] e pagá-lo por aparecer nos episódios”, disse Michael Schur.

“Eu sempre gostei da ideia de que, mesmo dentre os demônios, ele provavelmente era o pior deles e agora ele ficou voando no vazio pela eternidade. Esse é o seu destino final”, continuou o criador da série.

Todas as temporadas de The Good Place estão disponíveis na Netflix. Outras séries de Michael Schur incluem Brooklyn Nine-Nine, The Office e Parks and Recreation.