Alerta de spoilers!

Uma das mortes que mais revoltou os fãs de The Walking Dead foi a de Carl Grimes, filho de Rick, vivido por Chandler Riggs.

O personagem é essencial nos quadrinhos de Robert Kirkman e permaneceu vivo até o fim da história. Na série, contudo, ele morreu após ser mordido por um zumbi.

Agora, em entrevista no Let’s Stay Together (via ComicBook), o ator falou sobre um possível retorno do personagem.


“Com certeza, sim. Seria muito divertido”, disse Riggs ao ser perguntado se reprisaria o papel.

“Não vejo isso acontecendo em alguma atual série da franquia, mas talvez em algo diferente. Não sei, veremos”, continuou o ator de The Walking Dead.

Atualmente, The Walking Dead conta com uma derivada, Fear the Walking Dead, e outra em produção: World Beyond. Em ambas, ou na série principal, Carl só poderia aparecer em flashbacks.

O mesmo vale para os vindouros filmes centrados em Rick Grimes, com Andrew Lincoln.

A volta de The Walking Dead

A AMC definiu o retorno da 10ª temporada de The Walking Dead para outubro. A série está em hiato por causa da pandemia de coronavírus.

A Certain Doom, dirigido por Greg Nicotero, foi adiado por tempo indeterminado quando o trabalho de pós-produção não pôde ser concluído em meio a paralisações gerais do setor causadas pela pandemia de coronavírus.

Além da data, a emissora também divulgou detalhes do capítulo. Como era esperado, Maggie retorna.

Presos pelo exército “gigantesco” de “milhares de zumbis ao redor de onde estão seguros”, os sobreviventes elaboram um plano de fuga: Daryl (Norman Reedus), Carol (Melissa McBride), Kelly (Angel Theory) e Luke (Dan Fogler) estão entre aqueles vistos usando sangue de zumbi ou máscaras de carne de Sussurradores para se camuflar em meio aos mortos-vivos, enquanto Aaron (Ross Marquand) e Alden (Callan McAuliffe) poderiam recrutar ajuda na forma da misteriosa pessoa mascarada que chega, ao mesmo tempo em que Maggie (Lauren Cohan) retorna à Virgínia.

A 10ª temporada de The Walking Dead retorna em 4 de outubro