Vikings conta com inúmeros personagens memoráveis. Ragnar, Lagertha, Athelstan, Ivar, dentre muitos outros conquistaram os fãs e tornaram a série o sucesso que ela é hoje em dia.

Floki é um desses que mais se destaca em Vikings e há uma característica bastante misteriosa envolvendo o personagem: sua maquiagem. Mais especificamente, o construtor de barcos usa forte maquiagem ao redor dos olhos.

Agora, desvendamos o porquê dele se dar o trabalho de fazer isso (especialmente quando parece não se importar com o resto da sua aparência).


O maquiador de Vikings, Tom McInerney revelou (via ScreenRant) que, dentre as coisas que ele sabe sobre os vikings e seu visual, é que tanto homens, quanto mulheres usavam maquiagens ao redor dos olhos para destacá-los.

Já a razão pela qual Floki utiliza a maquiagem mais que os outros personagens está relacionada às suas fortes crenças nos deuses nórdicos.

McInerney explicou que Floki representa a cultura politeísta dos Vikings e “expressa uma forte conexão com os deuses de seu tempo”. Sua maquiagem visa, portanto, sugerir que há “algo quase alquímico, ritualístico em suas construções”.

De fato, isso se encaixa com a forma como Floki é interpretado por Gustaf Skarsgård, que constantemente realiza gestos com as mãos, como se estivesse fazendo algum tipo de magia ou ritual.

Vikings: Valhalla

Vikings ganhará uma continuação em forma de série derivada, com o subtítulo Valhalla. A série será ambientada 100 anos após a conclusão da história dos filhos de Ragnar.

Espectadores poderão conhecer Vikings e personagens históricos da vida real, famosos por suas expedições e aventuras em um período completamente diferente do de Ragnar Lothbrok.

A série, no entanto, também vai focar em aventureiros de outras culturas e descendentes dos personagens de Vikings.

Leif Erikson é um dos desbravadores Vikings mais famosos de todos os tempos. Ele é conhecido por uma expedição que conseguiu chegar à América do Norte antes mesmo de Cristóvão Colombo. Evidências históricas apontam que ele estabeleceu um dos primeiros assentamentos nórdicos no Canadá.

Outra personagem de Vikings: Valhalla é Freydis Eiríksdóttir. A donzela guerreira foi descrita na Saga de Erik, o Vermelho como a irmã de Leif Erikson. Forte e ousada, a jovem era conhecida principalmente por suas habilidades em batalha, gosto pelo combate e jeito esquentado. A figura histórica era inclusive vista como mais violenta que seus companheiros homens. Sua arma preferida era o machado.

Harald Hardrada também fará parte de Vikings: Valhalla. Caracterizado como um Rei Guerreiro, Harald governou a Noruega com mãos de ferro na época dos Vikings. O próprio nome “Harardra” vem do termo nórdico para “governante inflexível”. Antes de se tornar rei, Harald passou 15 anos como mercenário e comandante de exércitos no Império Bizantino.

Finalmente, Vikings: Valhalla deve focar em William, o Conquistador. Também chamado de William, o Bastardo, o personagem histórico foi o primeiro Rei Normando da Inglaterra, governando a nação de 1066 a 1087. William é descendente direto de Rollo, que em Vikings é o irmão de Ragnar.

A segunda parte da temporada final de Vikings deve chegar no final de 2020. Enquanto isso, a derivada deve estrear em 2021 – apesar de que não há confirmação ainda.