Cenas de sexo, principalmente de masturbação, ainda podem ser consideradas um tabu na TV e também no cinema. Agora, uma série promete apimentar essa discussão.

A cantora e atriz Billie Piper, conhecida por Doctor Who, está dando o que falar com a nova série dela. A famosa está em I Hate Suzie.

Com a série, a famosa quebrou um recorde curioso. Ela se tornou a atriz com a maior cena de masturbação da história da TV britânica, e possivelmente mundial.


A cena em questão tem uma duração de 7 minutos e 4 segundos. Porém, não é um momento qualquer.

Billie Piper é mostrada de ângulos diferentes. Além disso, capricha nas diversas expressões. A imaginação dela é mostrada, pensando em homens e mulheres.

Em certo momento, a atriz de Doctor Who pega pilhas de um brinquedo do filho para colocar em um brinquedo erótico. O The Sun afirma que Billie Piper aprovou a cena e não viu problemas em estrelar nela.

Motivo da cena é revelado

O The Sun revelou o motivo da cena ter sido feita. A atriz de Doctor Who quis dar mais espaço para as mulheres.

“Não é sempre que as mulheres são mostradas na televisão se divertindo, bem, sozinhas. Então, francamente, é uma mudança revigorante ver uma cena tão longa e animada como esta”, diz a publicação.

I Hate Suzie é co-escrita pela famosa. O momento, inclusive, também teria sido uma ideia dela.

Na série, a personagem principal, vivida pela atruz, é uma ex-popstar adolescente. Adulta, ela volta aos holofotes ao ter fotos nuas vazadas. Com isso, tem que abordar o problema e ainda lidar com as frustrações da vida adulta.

A série da famosa de Doctor Who faz grande sucesso no Reino Unido. Para alguns, é o grande lançamento de 2020 por lá.

I Hate Suzie ainda não tem previsão para chegar ao Brasil.