Criminal Minds e Mindhunter, da Netflix, possuem uma ligação. As duas séries voltadas para crimes usaram a mesma fonte, com algumas diferenças claro.

No caso de Mindhunter, a série tem a inspiração como a trama principal, que ainda está se desenrolando. Já Criminal Minds usou o mesmo serial killer para uma das histórias do seriado.

A mesma fonte é Dennis Rader, o assassino BTK. Uma inspiração do personagem aparece ainda na 1ª temporada de Criminal Minds.


Vale dizer que a partir daqui, o texto pode conter informações que podem ser futuros spoilers de Mindhunter, uma vez que a série da Netflix usa informações reais na história.

Serial killer em Criminal Minds

O BTK foi um assassino difícil de ser pego pelas autoridades. O primeiro crime dele foi em 1974, quando matou uma família inteira, usando as técnicas sadomasoquistas dele.

A partir de 1978, Rader começou a enviar cartas para os policiais e para imprensa, para chamar atenção para si e causar pânico na sociedade. A comunicação foi feita até 1988 e depois parou de forma inexplicável até 2004.

Em Unfinished Business, da primeira temporada de Criminal Minds, o serial killer é usado de inspiração. Um assassino, que agia da mesma forma, volta à ativa e isso leva a prisão dele.

O que chama atenção é como, sem querer, o capítulo foi atual. Criminal Minds foi ao ar em 2006, mas começou o desenvolvimento em 2005.

Após o início do desenvolvimento da série, BTK foi pego em 2005 pelas autoridades. Rader está preso nos EUA, cumprindo pena de prisão perpétua.

Se Mindhunter continuar na Netflix, essa história deve chegar a esse ponto.

Criminal Minds terminou após 15 temporadas. A série está no AXN. Enquanto isso, Mindhunter pode ser vista na Netflix.