Fãs de Rick and Morty são apaixonados pela maneira como a série animada é elaborada.

Com roteiros inteligentes e dinâmicos, a série animada mistura humor com ficção científica de um jeito muito eficiente. No entanto, como em qualquer obra, nem tudo é perfeito.

Em Rick and Morty, os Meeseeks são criaturas azuis e obedientes que podem ser convocadas ativando uma Caixa Meeseeks.


Rick Sanchez explica que os Meeseeks não podem morrer até que concluam as tarefas para as quais foram chamados. Assim que concluem seus trabalhos, no entanto, eles são descartados e simplesmente desaparecem.

Mas uma grande incoerência envolvendo esta lógica aconteceu na quarta temporada de Rick and Morty.

Furo no roteiro

A incoerência foi notada por um fã no Reddit. Ele apontou que, em um episódio da quarta temporada, um Sr. Meeseeks (nome dado a cada um deles) teve uma morte trágica em vez de simplesmente desaparecer, o que devia ter feito, já que concluiu sua tarefa.

“No episódio ‘Meeseeks and Destroy’, Rick afirma que os Meeseeks existem até que uma tarefa atribuída seja concluída e eles desapareçam.”

“Mas em ‘Edge of Tomorty: Rick Die Rickpeat’, quando Rick ordena a um Sr. Meeseeks que mate um Morty fascista após uma perda de pressão, todos eles flutuam para o espaço e o Sr. Meeseeks aparentemente morre de asfixia. Ainda que indiretamente, sua tarefa foi concluída, então ele deveria ter apenas sumido.”

Rick and Morty foi criada pelos produtores e roteiristas Justin Roiland e Dan Harmon, sendo que o primeiro também é o dublador original dos dois personagens do título.

No Brasil, Rick and Morty está disponível na Netflix.