O piloto de Game of Thrones é um dos desastres mais bem documentados na televisão, mas acontece que houve um momento constrangedor envolvendo um cavalo e Jason Momoa, que realmente é o acontecimento mais louco que ouvimos até agora.

Tudo que poderia dar errado nas filmagens do primeiro episódio de Game of Thrones realmente aconteceu. Tanto que até o elenco estava certo de que a HBO tinha um fracasso em suas mãos e o futuro do seriado estava condenado.

Eventualmente, depois de várias refilmagens e mudanças no elenco, Game of Thrones foi recuperada, tornando-se a série de maior sucesso dos últimos anos.


Mas em um trecho do livro Fire Cannot Kill a Dragon: Game of Thrones and the Official Untold Story of the Epic Series (via Metro UK), George R. R. Martin revelou que a primeira noite de núpcias de Khal Drogo (Jason Momoa, de Aquaman) e Daenerys (originalmente interpretada por Tamzin Merchant antes de Emilia Clarke assumir o papel) foi interrompida por um cavalo.

Constrangimento nas gravações

“Então, estávamos perto de um riacho”, lembrou Martin.

“Eles amarraram os cavalos às árvores e há uma cena de sedução perto do riacho. Jason Momoa e Tamzin Merchant estavam nus e ‘fazendo sexo’.”

“E de repente o cara do vídeo começa a rir. Havia um cavalo que estava ficando visivelmente ‘animado’ ao observar esses dois humanos.”

“Havia um cavalo muito excitado no fundo. Então isso também não correu bem.”

Martin explicou ainda que o sexo da noite de núpcias de Daenerys e Drogo deveria ser consensual, mas a adaptação para a TV teve sua primeira grande mudança quando ele a estuprou.

Maisie Williams recentemente deixou escapar que os planos originais dos produtores de Game of Thrones para o Rei da Noite mostravam Jon Snow matando o líder fantasma dos caminhantes brancos. Naturalmente, Kit Harington ficou arrasado quando leu o roteiro para descobrir que Arya Stark roubaria o momento de destaque de seu personagem.

No Brasil, Game of Thrones está disponível no catálogo do HBO Go.