Alerta de spoilers!

The 100 pegou todos os fãs de surpresa nessa sua última temporada, ao mostrar a morte de ninguém menos que Bellamy, que foi baleado por Clarke.

Bellamy se aliou aos Discípulos ao invés de permanecer junto de seus amigos e recebeu um livro que revelaria ao líder do culto, Cadogan, que a mãe adotiva de Clarke, Madi, tinha fragmentos da Chama em sua mente. Isso colocaria Madi em perigo e Clarke acabou atirando nele para evitar que passasse essa informação.

Os fãs obviamente reagiram à notícia nas redes e não alguns deles não parecem estar muito felizes.


“Não assisto The 100 há anos porque o roteiro é simplesmente ruim. Mas Bellamy Blake era um dos mais importantes personagens durante minha adolescência e a maneira como ele morreu parece errada. Não ligo para sua morte, mas ultimamente roteiristas ocidentais não sabem como matar personagens direito”, escreveu uma fã.

“Pior temporada final”, escreveu um fã, com uma imagem da coroa sendo passada de Game of Thrones para The 100.

“A escolha mais ridícula que uma série de TV já fez”, tuitou outro fã.

“Sete temporadas e os Bellarkes finalmente foram derrotados”, escreveu uma fã.

Veja os tuítes originais, abaixo.

https://twitter.com/nymqhe/status/1303892853597315074

Mais mortes

O décimo episódio da sétima temporada de The 100 trouxe um grande sacrifício, ao contrário do que indicou seu título, A Little Sacrifice.

O episódio mostrou a antiga antagonista, Charmaine Diyoza, se sacrificando para mostrar a sua filha como ser uma pessoa melhor.

A personagem foi introduzida em The 100 na sua quinta temporada, funcionando como uma das principais antagonistas da temporada. Ela foi prisioneira de Eligius que, junto de outros, se revoltou e tomou controle de Eligius IV.

Ela foi considerada criminosa e terrorista no planeta, antes do primeiro apocalipse nuclear. De fato, os viajantes da Eligius III e seus descendentes, que vivem em Sanctum a conheciam como criminosa de guerra.

Já na própria quinta temporada aprendemos que há muito mais sobre Diyoza além disso e ela se tornou uma aliada na segunda metade desse quinto ano, liderando um grupo de prisioneiros, formando uma aliança com Clarke Griffin e os outros.

No sexto ano, ao ir para Sanctum, Diyoza esperava ter um novo começo junto de sua filha recém-nascida. Infelizmente, Sanctum acabou a banindo de lá.

Diyoza jamais quis que Hope se tornasse como ela e acabou usando a si própria como exemplo, sacrificando-se para salvar Bardo.

Ao morrer, ela diz para Hope: “não desperdice isso, pequena. Seja melhor que eu”. Com isso, uma das personagens mais complexas e mais bem escritas de The 100 despede-se dos fãs e espectadores.

Obviamente, os fãs não deixaram esse grande sacrifício passar batido e logo foram para as redes comentar o falecimento da personagem de The 100.

“Woah, quem teria imaginado isso? Diyoza se despede como uma grande heroína!!!”, escreveu o fã Jamie Paton.

“NÃO DIYOZA NÃO NÃO NÃÃÃÃÃÃÃO NÃÃÃÕ EU TE ODEIO JASON, EU ODEIO O SEU FILHO DEMAIS POR QUÊÊÊ”, tweetou a usuária Sharon – Queen of Sarcasm.

“Acho bom isso ser revertido, porque não aceito que Diyoza tenha morrido”, escreveu Patricia Gómexx.

Dito isso, a temporada final de The 100 está em exibição nos EUA.

Veja abaixo os tweets originais.