A Netflix surpreendeu fãs recentemente com uma notícia bombástica. O Cristal Encantado – Era da Resistência, foi cancelada após apenas uma temporada. A revelação deixou muitos especialistas chocados, já que a produção havia sido extremamente elogiada por público e crítica.

Criada como um prelúdio ao filme O Cristal Encantado, de 1982, A Era da Resistência traz às telas da Netflix a magia e talento da companhia de Jim Henson. Produzida inteiramente com fantoches e um toque de computação gráfica, a série apresenta um enredo interessante, personagens adoráveis e um dos elencos mais impressionantes da plataforma.

Por isso mesmo, a decisão da Netflix de cancelar a produção, mesmo com o final aberto da primeira temporada, repercutiu de maneira negativa em parte dos espectadores.


Confira abaixo o verdadeiro motivo do cancelamento de O Cristal Encantado!

Grandes custos

O Cristal Encantado é ambientado em um mundo onde três Gelflings (criaturinhas humanoides com orelhas pontudas, semelhantes a elfos) inspiram os fogos da revolução contra a tirania dos Skeksis, seres desprezíveis que corromperam o Cristal Encantado titular.

A primeira temporada da série foi lançada em 2019, e contou com um impressionante elenco de vozes que inclui Taron Egerton, Nathalie Emmanuel, Anya Taylor-Joy, Mark Hammil, Helena Bonham Carter, Lena Headey, Natalie Dormer, Jason Isaacs, Awkwafina, Alicia Vikander, Andy Samberg e Sigourney Weaver.

Na época de seu lançamento, O Cristal Encantado foi muito elogiada por público e crítica. A série conseguiu 90% de aprovação no Rotten Tomatoes e nota 8.5/10 no IMDB.

“Já podemos confirmar que O Cristal Encantado – Era da Resistência não terá mais uma temporada. Sabemos que fãs estão ansiosos para saber como esse capítulo da saga termina, e vamos procurar outras maneiras de contar essa história no futuro”, afirmou a companhia de Jim Henson.

A decisão da Netflix veio pouco depois de O Cristal Encantado ganhar o Emmy de Melhor Programa de TV para Crianças, o que deixou fãs ainda mais chocados.

Embora a Netflix não tenha revelado oficialmente o motivo do cancelamento, boatos de bastidores afirmam que a série foi considerada “uma falha” pelos executivos da plataforma, e que a baixa audiência contribuiu para a demissão da executiva Cindy Holland, que ajudou a dar vida à produção.

Uma fonte anônima chamou O Cristal Encantado de “um desapontamento extremamente caro”. A junção de baixa audiência e altos custos de produção é a hipótese mais realista sobre a razão do cancelamento da série.

Em uma entrevista recente, o produtor executivo Javier Grillo-Marxuach parecia já conhecer o destino da série.

“Essa série não é exatamente uma franquia, na qual você pode contratar roteiristas novos em cada temporada. Ela é um esforço dinástico de amor artesanal. Para conseguir fazer jus à história, você precisa de todo mundo. Precisa dos Hensons e dos Frouds. Você precisa de um grande comprometimento financeiro e em termos de cronograma. É uma série de produção difícil. Entre todos os meus projetos, este com certeza foi o mais complicado”, revelou Javier.

A primeira (e única) temporada de O Cristal Encantado está disponível na Netflix.