A HBO Max encomendou o reboot de Pretty Little Liars. O título da nova série deve até ser diferente, sendo chamada de Original Sin (Pecado Original, em tradução).

Pretty Little Liars: Original Sin foi aprovada de forma direta, sem precisar de um piloto. A HBO Max assume o projeto apenas três semanas depois do anúncio de começo de desenvolvimento.

O criador da série de TV de Riverdale, Roberto Aguirre-Sacasa, é o responsável pela nova Pretty Little Liars. Inicialmente, o programa terá apenas personagens inéditas.


A descrição afirma que Original Sin se passa no presente, 20 anos depois de um evento trágico que quase destruiu a cidade de Millwood. A trama acompanha um grupo de adolescentes atormentadas por um desconhecido por causa do pecado secreto cometido pelos pais delas há duas décadas.

A série é descrita como sombria. Além disso, é um terror misturado com drama.

Apesar da informação do anúncio, nomes de elenco e até mais detalhes da história não foram anunciados. Pretty Little Liars: Original Sin também não tem previsão para chegar na HBO Max.

Derivada não funcionou

O reboot surge após uma derivada de Pretty Little Liars não funcionar. The Perfectionists foi cancelada com apenas uma temporada.

A série era exibida pelo Freeform e ao que parece, não agradou. Os fãs até tentaram fazer campanha para Netflix salvar o seriado.

Porém, o ato dos espectadores não decolou e Pretty Little Liars: The Perfectionists foi encerrada de maneira precoce.

“Desorientadas com o desaparecimento de sua líder, quatro amigas se reúnem quando um chantagista ameaça contar seus segredos”, diz a sinopse da série principal.

O elenco trouxe nomes de atrizes como Troian Bellisario, Ashley Benson e Lucy Hale. A criação foi de I. Marlene King.

Pretty Little Liars está na Netflix. Já o reboot, como citado antes, não tem previsão para chegar no HBO Max.