The Walking Dead vai acabar: veja como fica o futuro de Carol, Daryl e mais

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

The Walking Dead estará recebendo uma longa despedida na AMC. O canal de TV a cabo dos Estados Unidos anunciou (via Hollywood Reporter) que a décima primeira temporada do seriado de zumbis anunciada anteriormente será a última – e será expandida para 24 episódios, diferente dos 16 tradicionais -, a se estender por dois anos.

Junto com os seis episódios anunciados anteriormente que foram acrescentados à décima temporada, existem 30 episódios restantes da principal série de The Walking Dead do criador Robert Kirkman, que irá ao ar até o final de 2022.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além disso, a AMC continua a expandir seu grande mundo de The Walking Dead e encomendou uma série derivada, estrelada pelos queridos dos fãs Norman Reedus (Daryl) e Melissa McBride (Carol).

O futuro de The Walking Dead

A série sem título – o terceiro programa derivado da franquia – está programada para ser lançada em 2023, depois que o seriado principal completar sua jornada.

Além do mais, o diretor de conteúdo de The Walking Dead, Scott M. Gimple, também está desenvolvendo uma série de antologia roteirizada, Tales of the Walking Dead, que apresentará episódios individuais ou arcos apresentando personagens novos ou existentes, histórias de fundo ou outras histórias autônomas.

Se Tales of the Walking Dead avançar, se juntará a Fear the Walking Dead (que retorna com sua sexta temporada em outubro) e à minissérie de duas temporadas The Walking Dead: World Beyond (que estreia em outubro), bem como à nova série focada em Daryl e Carol, com o último projeto sendo supervisionado pela principal produtora de The Walking Dead, Angela Kang.

Uma trilogia de filmes construída em torno do ex-ator principal Andrew Lincoln (Rick) também está sendo produzida pela Universal Pictures.

“Já se passaram 10 anos. O que está por vir são mais dois derivados e histórias para contar além disso”, disse Gimple, em um aceno para o piloto.

“O que está claro é que este seriado tem sido sobre os vivos, feito por um elenco apaixonado e uma equipe de roteiristas e produtores que estão dando vida à visão apresentada por Robert Kirkman em sua brilhante história em quadrinhos. O programa é apoiado pelos melhores fãs no mundo.”

“Ainda temos muitas histórias empolgantes para contar em The Walking Dead, e então, este final será o início de mais conteúdo de The Walking Dead – novas histórias e personagens, rostos e lugares familiares, novas vozes e novas mitologias.”

“Este será um grande final que levará a novas estreias. A evolução está sobre nós. The Walking Dead vive.”

A notícia de que The Walking Dead vai acabar em sua décima primeira temporada chega pouco mais de um ano depois de Kirkman, em um movimento surpresa, encerrar sua série de quadrinhos que serve de inspiração para o seriado.

Desde que a AMC lançou The Walking Dead no Dia das Bruxas em 2010, o seriado se tornou um gigante de audiência e fez história como a série de maior audiência na história da TV a cabo.

A série principal é classificada como a primeira série a cabo a se tornar o programa líder  emaudiência em toda a televisão dos Estados Unidos, e manteve essa distinção por cinco anos consecutivos.

Enquanto as primeiras temporadas continuaram a crescer à medida que a série se tornou uma sensação global, as classificações de audiência diminuíram consideravelmente nos últimos anos, pois The Walking Dead resistiu a uma série de partidas de atores do elenco, incluindo Lincoln, Danai Gurira (Michonne) e Steven Yeun (Glenn), entre outros.

O final da nona temporada, por exemplo, foi o fim de temporada da série com menor audiência de todos os tempos. Não foi até 2020 que The Walking Dead perdeu sua posição como a série mais assistida na TV a cabo.

“Estou ansiosa para trabalhar com nossos brilhantes escritores, produtores, diretores, elenco e equipe para trazer este capítulo final épico da história de Robert Kirkman à vida para nossos fãs nos próximos dois anos”, disse Kang, que está com a série desde 2011 e foi elevada a produtora principal na nona temporada.

“A série principal de The Walking Dead tem sido meu lar criativo por uma década e por isso é agridoce encerrá-la, mas eu não poderia estar mais animada em trabalhar com Scott Gimple e AMC para desenvolver uma nova série para Daryl e Carol.”

“Trabalhar com Norman Reedus e Melissa McBride foi um dos destaques da minha carreira e estou muito feliz por podermos continuar contando histórias juntos.”

No Brasil, The Walking Dead voltará com sua décima temporada em outubro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio