Atriz brasileira xinga Netflix após cancelamento de série

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os fãs ficaram chateados com o cancelamento de Spin Out. A série foi lançada em janeiro de 2020, com uma 1ª temporada elogiada, mas acabou sendo descartada pela Netflix.

Durante algum tempo, os espectadores tentaram fazer uma campanha para volta de Spin Out. Porém, a série continuou cancelada na plataforma.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao que parece, a estrela de Spin Out também ficou chateada com o cancelamento. Kaya Scodelario, que é uma atriz brasileira, soltou um xingamento para Netflix em uma transmissão ao vivo no Instagram.

A famosa recebeu a mensagem de um fã tratando sobre o fim de Spin Out na Netflix. “Tão triste sobre Spin Out ser cancelada na Netflix”, disse o fã.

Kaya, prontamente, respondeu: “Eu também, f*da-se a Netflix”.

Na série da Netflix, a atriz foi uma patinadora artística que quase desiste da carreira por conta de um acidente. A trama, carregada de drama, também tocou no tema da saúde mental.

Confira abaixo o trecho da transmissão com a resposta de Kaya.

Atriz está em Resident Evil

Após a série da Netflix, Kaya será a estrela do reboot de Resident Evil. O novo filme contará uma história de origem inspirada nos games.

No elenco, Kaya Scodelario (Skins, Maze Runner) será Claire Redfield. Além dela, Robbie Amell (The Flash) será Chris Redfield; Hannah John-Kamen (Homem-Formiga e a Vespa) chega como Jill Valentine; Tom Hopper (The Umbrella Academy) é Albert Wesker; Avan Jogia (Zumbilândia) vira Leon S. Kennedy; e Neal McDonough (Yellowstone) aparece como William Birkin.

O novo filme de Resident Evil será escrito e dirigido por Johannes Roberts, de Medo Profundo.

“Com esse filme, eu realmente queria voltar aos dois primeiros games e criar uma experiência aterrorizante e visceral, que tive quando os joguei pela primeira vez. Ao mesmo tempo, quero contar uma história bem humana sobre uma cidade pequena americana, que seja fácil de se identificar e relevante atualmente”, disse o cineasta em comunicado.

A trama se passará em Raccoon City, em 1998, informa o THR. Isso é mantido dos games originais.

Alguns pontos serão mudados, contudo. Leon S. Kennedy não será mais um policial novato e sim um agente federal especializado no combate ao terrorismo. A própria presença dele e de Claire Redfield nesse ponto da história já vai de encontro à trama dos games.

Nos jogos originais, apenas Chris, Jill, Wesker e Barry estavam envolvidos no incidente da mansão em 1998. Leon e Claire aparecem apenas no segundo game, já em uma Raccoon City infestada por zumbis.

A Screen Gems, da Sony, planeja lançar o filme nos cinemas em 2021, mas não há uma previsão mais precisa de lançamento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio