Oito anos após sua morte, fãs estão enxergando um novo lado da apresentadora Hebe Camargo, com o lançamento da série Hebe, exibida pela TV Globo. A produção vem sendo elogiada por seu estilo narrativo, porém muitos fãs se perguntam sobre a veracidade dos eventos mostrados.

Hebe Camargo faleceu em 29 de setembro de 2012, aos 83 anos. Apresentadora, cantora e atriz, Hebe contou com uma carreira de mais de 60 anos nas principais emissoras de TV do Brasil. Unindo toda essa experiência com seu carisma inegável, Hebe passou a ser conhecida como “A Rainha da TV Brasileira”.

Parte dos eventos da série Hebe, protagonizada por Andréa Beltrão, precisaram ser modificados por motivos narrativos.


Confira abaixo o que é verdade e o que é mentira na série Hebe!

Verdade – Os ciúmes de Lélio

Hebe Camargo foi casada com empresário Lélio Ravagnani entre 1973 e 2000. O segundo marido de Hebe, interpretado por Marco Ricca, realmente era conhecido por suas crimes de ciúmes. A apresentadora inclusive chegou a sofrer violência nas mãos do esposo. O casamento durou 29 anos, e antes dele, Hebe foi casada com Décio Capuano, pai de seu segundo filho.

Ficção – Relação com Sílvio Santos

Na série Hebe, Sílvio Santos é interpretado por Daniel Boaventura. A produção mostra a relação de Hebe com o dono do SBT de maneira bastante calma e harmoniosa, sem grandes conflitos entre os dois artistas. Na vida real, o relacionamento de Hebe e Sílvio Santos era bem mais realista, com fases de instabilidade e brigas.

Verdade – Aborto

Hebe Camargo tinha algumas visões políticas bastante progressistas, principalmente em relação aos direitos das mulheres e dos LGBTQs. A apresentadora era uma grande defensora da descriminalização do aborto, e chegou a defender seu ponto de vista com convicção em várias oportunidades.

Ficção – Whiskey

Na produção da Rede Globo, Hebe Camargo é vista lidando com problemas com o álcool, especificamente diversos porres de whiskey. Na vida real, a apresentadora realmente gostava de bebidas alcóolicas, mas não de whiskey especificamente. Hebe preferia drinques, principalmente feitos com vodka.

Verdade – Desabafo

Hebe Camargo era conhecida principalmente por três qualidades: seu carisma, sua sinceridade e seu temperamento forte. Quando a apresentadora finalizou seu último programa na TV Bandeirantes, realmente jogou o microfone no chão como forma de protesto. O momento aconteceu na vida real, já que Hebe se decepcionou com a qualidade técnica oferecida pela Band.

Ficção – Selinho

Hebe era bastante conhecida por seu costume de dar “selinhos” em seus convidados. Na trama da série da Rede Globo, Hebe aparece beijando Roberto Carlos em seu programa da década de 80. Na verdade, o primeiro selinho televisionado da apresentadora aconteceu em 1997, com a cantora Rita Lee.

Hebe também está disponível no Globoplay.