Gosta de Gossip Girl, Sex and the City ou O Diabo Veste Prada? Pois a Netflix tem uma série especialmente para você! Emily em Paris estreou no último mês, e já conquistou fãs de histórias repletas de figurinos estilosos, reviravoltas interessantes e belíssimos cenários.

Produzida por Darren Star, de Sex and the City, Emily em Paris traz Lily Collins como a protagonista homônima. 

Apresentada como uma executiva de marketing em Chicago, Emily se muda para Paris para revitalizar as redes sociais de um icônica grife de luxo.


Nos 10 episódios da série, Emily e seus novos colegas de trabalho aprendem uns com os outros, e usam suas experiências e visões coletivas para criar uma interessante estratégia comercial.

Desde o lançamento da série, muitas fãs tentam replicar o estilo da protagonista; confira abaixo!

O estilo de Emily 

Desde o último passeio de Carrie Bradshaw na Quinta Avenida, designers e jornalistas de moda aguardam a nova série que faria o mesmo que Sex and the City no quesito moda.

Agora, com o lançamento de Emily em Paris, o momento parece ter finalmente chegado.

Séries como Gossip Girl, Mad Men e Girls chegaram a influenciar o mercado da moda, mas a nova produção da Netflix parece superar até mesmo estas grandes produções. 

Parte da atenção dada à moda de Emily em Paris se deve ao fato da série ser estilizada por Patricia Fields, estilista responsável pelos figurinos mais icônicos de Carrie em Sex and the City. 

Camille, a amiga de Emily, interpretada pela modelo Camille Razat, personifica completamente o estilo da “cool girl”, com seus looks de alfaiataria, jeans desbotados e acessórios em vermelho, como chapéus de cowboy ou camisetas.

Já Mindy, vivida por Ashley Park, representa o lado mais lúdico e divertido da moda, com estampas chamativas, cores fortes e casacos de pele.

Fãs da série já estão tentando replicar o estilo das personagens na vida real! De acordo com dados do site Lyst, a busca por marcas e produtos que aparecem em Emily em Paris cresceu exponencialmente nas últimas semanas.

Acessórios são partes essenciais dos looks das personagens de Emily em Paris, e a busca por chapéus no estilo “balde” da marca Kangol, vendidos por cerca de 68 dólares, cresceu 342% desde a estreia da série. 

Enquanto isso, a procura por chapéus do tipo boina ou beret também contou com um aumento de 41%.

A série também fez maravilhas para a nova coleção do designer Ronny Kobo, conhecido por seu estilo “bohemian-chic”. 

A minissaia verde que Emily usa em um passeio à Torre Eiffel teve seu estoque esgotado, e a busca por produtos da marca em geral aumentou 22%

Emily em Paris está disponível na Netflix.