Alguém Tem Que Morrer apresenta um novo lado de Ester Expósito. Até então, a famosa da Netflix era conhecida como a Carla de Elite.

Na minissérie, a famosa vira Caetana. A personagem é uma jovem da década de 1950 que passará por cima de todo mundo para conseguir o que quer.

Em entrevista para Christian Rodriguez, da Cosmopolitan, Ester Expósito revelou como supera um desafio. A atriz precisa mostrar que não pode ser apenas a Carla de Elite e precisa fazer os fãs esqueceram dela na nova série.


Para isso, a estrela demarcou diferenças entre as personagens. Ao que parece, isso funcionou para atriz em Alguém Tem Que Morrer.

“Saí de Elite com Carla, que é um papel que adoro e fazia há muito tempo, e já peguei este. O que me ajudou a diferenciar as duas personagens é o fato de me concentrar bem para fazê-las bem diferentes. Achei a chave pensando que Carla tem um mecanismo de atuação que é a sua gestão mental, como segurar os pensamentos, algo que Caetana não tem de jeito nenhum”, declarou a atriz.

Alguém Tem Que Morrer na Netflix

Alguém Tem Que Morrer é uma produção espanhola da Netflix. O seriado é um drama de época que se passa nos anos 1950.

A história acompanha um jovem que deve voltar ao México para um casamento arranjado. Esse personagem retorna e com a companhia de um bailarino.

Isso causa uma grande confusão com o governo local. Para fugir de líderes opressores, o próprio povo quer que alguém seja morto para resolver a questão.

O elenco é composto por outros nomes conhecidos da própria Netflix. Além da atriz de Elite, também estrelam o seriado Cecilia Suárez, de A Casa das Flores; Carlos Cuevas, de Merlí; Juan Carlos Vellido, de As Telefonitas; e Ernesto Alterio, de Narcos.

Alejandro Speitzer é outro nome que está no elenco. Vale dizer que o ator de Desejo Sombrio é o namorado de Ester Expósito.

Alguém Tem Que Morrer está disponível na Netflix.