Com 16 temporadas e mais de 350 episódios lançados, Grey’s Anatomy conquistou milhões de fãs no mundo inteiro e se tornou o drama médico mais duradouro de todos os tempos.

A série exibiu neste ano o final de sua décima sexta temporada, encurtada devido à pandemia do coronavírus.

Ellen Pompeo é a protagonista de Grey’s Anatomy, interpretando Meredith Grey desde a primeira temporada. A atriz é uma das poucas integrantes do elenco original a continuar na produção até hoje.


Mesmo permanecendo na série durante todas as suas temporadas, Pompeo também sofreu no passado com as duras condições de trabalho da produção de Shonda Rhimes.

Confira abaixo tudo sobre essa história!

Drama nos bastidores

Grey’s Anatomy é conhecida como uma das séries mais dramáticas da TV. Muitos fãs não sabem, mas uma boa dose dos conflitos aconteceu por trás das câmeras, entre o elenco e a equipe de produção.

“Muito drama aconteceu nos bastidores… A maioria dos atores era realmente jovem, e estava experimentando o estrelato pela primeira vez”, afirmou a showrunner Krista Vernoff.

Em uma live no Instagram realizada no período da quarentena, Ellen Pompeo falou sobre as condições de trabalho em suas primeiras temporadas no drama médico.

“Ninguém deveria trabalhar 16 horas por dia, dez meses por ano – ninguém. Isso só deixa as pessoas estressadas, bravas e tristes, deprimidas realmente. Esse é um modelo completamente nocivo”, contou a atriz.

Pompeo também atribuiu as brigas e tensões no set ao cansativo calendário de gravações.

“Espero que após o COVID, nenhuma série tenha 24 ou 22 episódios por temporada. É por isso que as pessoas ficam doentes e entram em colapso. É por isso que o elenco acaba brigando. Você quer se livrar do mau comportamento¿ Deixe o pessoal ir para a casa e dormir!”, opinou a atriz.

Katherine Heigl já havia falado sobre a rotina cansativa de Grey’s Anatomy em uma entrevista ao programa de David Letterman.

“Nosso primeiro dia de gravação foi uma quarta-feira. Vou dizer isso só para envergonhá-los: Nós trabalhávamos umas 17 horas por dia. Era cruel e maldoso”, contou Heigl.

Grey’s Anatomy está disponível na Netflix.