Após fazer grande sucesso como uma das melhores séries originais do YouTube Red, Cobra Kai finalmente fez sua estreia na Netflix, e desde então vem conquistando o público brasileiro e se mantendo entre as séries mais assistidas da plataforma.

No derivado e continuação de Karatê Kid, Ralph Macchio e William Zabka reprisam seus papéis da franquia. Os épicos adversários retornam para o dojo, trinta anos depois dos eventos do torneio de 1984.

Johnny Lawrence (Zabka) busca por redenção ao reabrir o famoso dojo, reacendendo a rivalidade com Daniel LaRusso (Macchio), que luta pela manutenção do equilíbrio em sua vida sem a ajuda do mentor, Sr. Miyagi.


Recentemente, um grande especialista em artes marciais apontou um furo no roteiro da série; confira abaixo!

A opinião do mestre

Em uma entrevista ao site Cinema Bland, Jesse Enkamp falou sobre a maneira que Cobra Kai lida com os preceitos mais importantes do karatê. 

Para quem não o conhece, Enkamp é chamado de “o Nerd do Karatê” e conta com um canal de quase 250 mil inscritos no YouTube.

Após maratonas as duas temporadas de Cobra Kai, o lutador percebeu um erro na inclusão de uma foto do famoso mestre 

Chojun no dojo do Sr. Miyagi.

Grande parte dos exercícios e movimentos mostrados em Cobra Kai fazem parte dos treinamentos de atletas e lutadores da vida real. Alguns exemplos, no entanto, foram inventados apenas para a série. 

“Eu entendo. A série quer mostrar veracidade, com os estudantes realmente praticando karatê… No entanto, eles cometeram um grande erro. Porque alguns exercícios mostrados não existem no sistema Goju Ryu, é nunca foram ensinados por Chojun”, comentou o especialista.

Exemplos das invenções apontadas por Jesse Enkamp incluem a sequência que mostra Daniel treinando Samantha e Robby com um disco flutuante.

A terceira temporada de Cobra Kai estreia em 2021.