A Netflix tem uma série que está levantando comparações com The Walking Dead. Ao mesmo tempo, é bastante elogiada.

A série russa Cidade dos Mortos faz sucesso na plataforma por ter uma trama de arrepiar. O primeiro ponto para isso é que a produção fez até uma certa previsão.

Cidade dos Mortos mostra a civilização ameaçada por uma nova doença – basicamente, uma pandemia destrói a Terra. A história, assim, segue um grupo de sobreviventes e como a luta pela vida muda todos.


O primeiro fato assustador é que a série foi lançada em 2019 na Rússia. O segundo é a abordagem que Cidade dos Mortos faz de uma pandemia em que tudo dá errado.

A trama mostra como humanos desesperados podem ser mais assustadores do que a destruição do mundo em si. O começo da trama, ao mesmo tempo, lembra um pouco da situação atual em que todos vivem.

Semelhança com The Walking Dead

A comparação com The Walking Dead é a parte da trama em que os sobreviventes precisam começar a fugir. A transformação em um mundo pós-apocalíptico fará com que os espectadores se lembrem da famosa série.

A reviravolta, porém, está na já citada premissa da trama. The Walking Dead acompanha um mundo que recebe um vírus zumbi.

Enquanto isso, Cidade dos Mortos se aproxima mais da realidade com uma misteriosa doença. A infecção simplesmente mata as pessoas – no lugar de transformar todos em mortos-vivos, como em The Walking Dead.

Além disso, inicialmente a série da Netflix acompanha uma afastada família. Sergey (Kirill Käro), que está namorando a psicóloga Anna (Viktoriya Isakova), precisa salvar a ex, Irina (Maryana Spivak), e o filho quando a pandemia foge do controle das autoridades.

A trama envolve ainda a família de Lyonya (Aleksandr Robak), que são vizinhos de Sergey. Ao longo de Cidade dos Mortos, os personagens ganham a ajuda ainda de Boris (Yuriy Kuznetsov) o afastado pai de Sergey.

Cidade dos Mortos está disponível na Netflix.