Netflix revela a origem de A Maldição da Mansão Bly

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outubro sempre é um mês repleto de novidades para os fãs de filmes e séries de terror. Após disponibilizar icônicas franquias do gênero, a Netflix celebrou o lançamento de A Maldição da Mansão Bly, segunda temporada da antologia que começou com A Maldição da Residência Hill.

A Maldição da Mansão Bly adapta para a TV o livro “A Volta do Parafuso”, um clássico da literatura de terror. A obra de Henry James tem tudo para conquistar mais uma vez apreciadores de histórias sinistras e cheias de reviravoltas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Considerado um dos melhores livros de terror de todos os tempos, a obra de Henry James influenciou vários filmes, séries e peças de teatro desde seu lançamento.

Confira abaixo tudo sobre a origem de A Maldição da Mansão Bly!

Capa de uma das primeiras edições de A Volta do Parafuso.

Obra icônica

Desde o anúncio da renovação de A Maldição para uma segunda temporada, fãs se perguntam como será o tom do novo ano da série. Isso porque originalmente A Residência Hill seria uma minissérie, com apenas uma temporada.

Devido ao sucesso extraordinário de público e crítica, a produção acabou sendo renovada para mais uma temporada e se tornou uma antologia. Isso significa que cada leva de episódios contará uma história diferente, aos moldes de séries como American Horror Story.

A Maldição da Mansão Bly conta a história de uma jovem governanta contratada para cuidar dos sobrinhos de um homem rico, que acabara de herdar a casa de campo da família. Chegando à Mansão Bly, ela começa a ver aparições e sentir que o local é assombrado”, afirma a sinopse oficial divulgada pela Netflix.

A nova trama é baseada no livro “A Volta do Parafuso”, lançado em 1898 por Henry James. A história é considerada “uma das narrativas góticas mais influentes do mundo” e foi muito elogiada por sua pioneira narrativa em primeira pessoa.

Muitos críticos e estudiosos tentaram determinar a natureza exata do “Mal” mostrado na obra, e grande parte destas interpretações afirma que “o brilhantismo da obra de Henry James resulta de sua habilidade em criar um íntimo senso de confusão e suspense em meio à vida cotidiana”.

O romance já foi adaptado várias vezes no rádio, cinema, teatro e TV. As adaptações incluíram uma peça da Broadway lançada nos anos 50, o filme Os Inocentes, de 1961, e ainda em 2020 o longa Os Órfãos, protagonizado por Finn Wolfhard, o Mike de Stranger Things.

A Netflix recentemente divulgou um vídeo com as inspirações fantasmagóricas por trás dos principais eventos de A Maldição da Mansão Bly.

Confira abaixo o vídeo oficial da plataforma!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio