O Gambito da Rainha, o novo sucesso da Netflix está sendo vendida como uma minissérie, mas será que ela vai ganhar uma continuação? Vamos mergulhar nessa questão agora.

A série de sete episódios está sendo amplamente elogiada, tanto por críticos, quanto por fãs, o que já sugere a possibilidade de uma sequência.

Estamos falando, contudo, de uma adaptação do livro homônimo de Walter Tevis, que não conta com uma continuação, portanto, é possível que não vejamos uma parte 2 dessa história. Dito isso, outras produções, como The Handmaid’s Tale, do Hulu, seguiram a história além do seu material base.


Outro ponto que sugere que O Gambito da Rainha continuará apenas como minissérie é que Scott Frank, roteirista, diretor e produtor da obra, também fez Godless para a Netflix. Essa outra série também só teve sete episódios e não ganhou outra temporada, visto que sua história foi concluída.

O elenco, contudo, parece não se opor à ideia, conforme disse Anya Taylor-Joy, intérprete de Beth em O Gambito da Rainha, ao T&C.

“Se eu aprendi algo sobre essa indústria é para nunca dizer nunca. Eu amo a personagem e certamente voltaria se me pedissem, mas acho que deixamos Beth em um bom lugar”.

Tragédia atrasou o projeto

A nova aposta da Netflix é a minissérie O Gambito da Rainha, que conta a história da enxadrista prodígio, Beth Harmon (Anya Taylor-Joy). A produção tem sido elogiada, mas demorou muito a sair do papel em razão de uma tragédia.

A série é baseada no livro de mesmo nome de 1983, de Walter Tevis, mesmo autor de O Homem que Caiu na Terra, que deu origem ao filme com David Bowie.

O Gambito da Rainha se tornou um sucesso instantâneo para Tevis e é considerado um dos melhores livros sobre xadrez já escritos. Com isso, o interesse em realizar uma adaptação surgiu logo nos anos 1980.

O problema é que os direitos de adaptação passaram a ser contestados após o falecimento de Tevis em 1984, o que atrasou a adaptação em décadas.

Diretores renomados como Bernardo Bertolucci e Michael Apted chegaram a demonstrar interesse no projeto, mas acabaram não realizando adaptações.

Eis que um ator decide pular para a cadeira de direção, considerando adaptar justamente O Gambito da Rainha.

Esse ator é ninguém menos que Heath Ledger, que faleceu pouco após interpretar o Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas.

Antes da sua morte trágica em 2008, Heath Ledger estava trabalhando com o roteirista Allan Schiach em uma adaptação do livro de Tevis, que serviria como sua estreia como diretor. Ellen Page estava até sendo considerada para viver a protagonista, Beth Harmon.

As filmagens já estavam, inclusive, previstas para começar no fim de 2008, mas Ledger faleceu em janeiro desse ano. Com isso, o projeto foi engavetado até se tornar a série da Netflix, com outra equipe por trás.

O Gambito da Rainha, da Netflix, é estrelado por Anya Taylor-Joy, Thomas Brodie-Sangster, Bill Camp, Moses Ingram, Harry Melling e Chloe Pirrie.

“Em um orfanato nos anos 1950, uma garota-prodígio do xadrez luta contra o vício em uma jornada improvável para se tornar a número 1 do mundo”, diz a descrição oficial da minissérie.

A direção é de Scott Frank. Como dito antes, trata-se de uma adaptação do romance homônimo de Walter Tevis.

O Gambito da Rainha já está disponível na Netflix.