Segredo bizarro de The Boys é enfim revelado

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Alerta de spoilers!

A Igreja do Coletivo teve um papel bastante proeminente nessa segunda temporada de The Boys e há uma questão que ainda assola os fãs: por que eles são tão obcecados com Fresca?

A bebida é oferecida repetidas vezes, praticamente todas as vezes que alguém da Igreja aparece e chega a ser bebida pelo líder religioso, Alastair Adana.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A teoria mais aceita, conforme publicou Nicholas Grant, do CBR, é que trata-se de uma forma de “amenizar” os ânimos dos membros e candidatos da Igreja do Coletivo. Uma forma de fazê-los aceitarem mais facilmente a lavagem cerebral do culto.

Além disso, há a expressão “drinking the Kool-Aid” (beber o Kool-Aid), que faz referência ao suicídio em massa cometido por um culto em Jonestown.

A expressão basicamente tornou-se o sinônimo de aceitar propostas absurdas, e/ ou perigosas, com grandes promessas atreladas à elas.

Isso tudo se encaixa também com o fato dos membros da Igreja usarem drogas para induzir “revelações” e mudanças, como foi o caso do Profundo no começo da temporada, que conversou e cantou junto de suas guelras.

Explicação mais simples

Eric Kripke, o showrunner e criador da série, chegou a dizer que Fresca surgiu como uma piada na sala dos roteiristas, ao pensarem o que seria oferecido para o Profundo como bebida não alcoólica.

Mas o showrunner pode estar escondendo algo, visto que já admitiu que a bebida aparecerá até o fim da série.

Seja referência a um capítulo trágico da História, ou uma forma de controle mental, Fresca ainda deve desempenhar um papel mais importante na série. Resta aguardar para saber o que veremos no futuro de The Boys.

As duas primeiras temporadas de The Boys estão disponíveis na Amazon Prime Video.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio