Uma das teorias mais populares de Os Simpsons foi desmentida. A teoria diz que Homer está em coma há mais de 20 anos e é baseada em um episódio de 1992.

O episódio, intitulado Homer the Heretic, mostra o personagem titular negando-se a ir à igreja. Ele acaba criando sua própria religião, mas, em razão da sua negligência, ele acaba quase morrendo em um incêndio.

Eventualmente, Homer volta à igreja e logo dorme durante uma missa e tem uma conversa com Deus, que aparece ocasionalmente ao longo episódio.


Durante a conversa, Homer questiona Deus como o sentido da vida e Ele diz que Homer precisa esperar até a morte para descobrir tudo. Desapontado, de início, Deus responde: ‘você não pode esperar seis meses?’.

No fim, Homer acaba convencendo Deus a revelar o segredo da vida, mas, é claro, o episódio acaba antes de escutarmos a resposta.

Seis meses depois, o episódio So It’s Come To This: A Simpsons Clip Show foi ao ar e durante o capítulo, Homer acaba entrando em coma. No fim do episódio, contudo, Homer acorda totalmente recuperado e tudo parece normal.

Nunca saiu do coma

A teoria de Os Simpsons diz justamente que o personagem, de fato, jamais acordou desse coma e toda a série, desde então, se passa dentro da mente dele. Afinal, Deus disse que ele morreria em seis meses e, seis meses depois dessa conversa, ele sofreu um sério acidente.

Outro ponto que fortalece a teoria é que, após o episódio do coma, as tramas de Os Simpsons se tornam mais fantasiosas e malucas, envolvendo aliens, monstro do lago Ness, Homer no espaço, dentre outras coisas inesperadas.

Além disso, os personagens em Os Simpsons não envelhecem, o que casa com a possibilidade da série se passar dentro da cabeça de Homer.

Apesar dessas evidências, o roteirista de Os Simpsons, Al Jean, acabou com a teoria, dizendo que ela é “intrigante, mas falsa”, conforme diz matéria de Taylor Denton, do CBR. O roteirista, contudo, não explicou por que a teoria é falsa.

Os Simpsons atualmente exibe a 32ª temporada nos Estados Unidos.